11 novembro 2009

ESCURIDÃO

Faltou energia elétrica em metade do país, ainda não se sabe as causas verdadeiras (???).
Mas já acabou o APAGÃO. Leques, lampiões, lanternas, velas, fósforos, medo de assombração foram novidades para a turma jovem de hoje. E sem TV pode-se conversar, contar historias.
Era uma vez... (clique abaixo): monica.com.br/mauricio/cronicas/cron008.htm

9 comentários:

Joéliton dos Santos disse...

rsrs...foi uma loucura ontem..rs..

Eu relancei meu livro no site Clube de Autores. Entre no site e adquira minha obra...É uma bela história, você vai gostar...No site tem mais informações. Copie e cole o link abaixo e confira esse novo sucesso..rs......abraçoss

http://clubedeautores.com.br/book/8217--Realizando_meu_sonho

heli disse...

Ney.
Felizmente o APAGÃO não chegou até aqui.Tivemos apenas uma rápida queda na luz, mas voltou logo em seguida.
Importa porém, saber por que ocorreu esse apagão...
Mistérios(rs)
beijos

ney disse...

Joéliton,
Parabéns pelo relançamento do livro. Desejo que tenha muito sucesso, que a realização de sonhos seja da obra e do autor. Obrigado pela presença, por estar chegando junto. Abraço/ney.

ney disse...

heli,
Por aqui a falta de energia foi total, Rio e São Paulo ficaram na escuridão, grande parte de Minas Gerais etc., a Região Sudeste ficou no apagão. E um calor insuportável, janelas abertas, na varanda passava uma leve brisa, mas deu para lembrar os velhos tempos. Ficamos de conversa, velas acesas, vizinhos nas janelas, varandas, velas e lanternas, a TV desligada não fez muita falta, ao menos ficamos sem a violência das novelas, noticiários.
Mas foi APAGÃO TOTAL, espero que esteja superado, pois o calor chegou com força total. ney.

ney disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
heli disse...

Ney.
Quando há falta de energia, descobrimos o real valor de cada uma das coisas que "temos ao nosso redor".Descobrimos que somos totalmente dependentes dela, mas em contra partida, descobrimos o quanto é importante parar e conversar com aqueles que "estão ao nosso redor"...

Carlos Albuquerque disse...

Apagão!
Você acredita, Ney, mesmo aqui deste lado do mar me assustei: o meu Brasil (desculpe o abuso do meu) apagado? Não pode ser...
Foi só um momento, não é? Logo fez-se luz!
Ufa!
Um abraço, amigo Ney

ney disse...

Carlos,
Durou muito o APAGÃO, aqui pelo Rio e São Paulo umas 3 horas, certamente trazendo muitos transtornos, pois tudo hoje depende da energia elétrica.
Mas é um sistema complexo, vem de longe essa energia, lá da Hidrelétrica de Itaipu (binacional), Rio Paraná, fronteira com o Paraguai, aqui para a Região Sudeste. Qualquer problema na rede de transmissão pode gerar um desligamento do sistema, embora quase tudo seja previsto. As autoridades dizem que os níveis das águas estão bons, o problema superado, não devemos ter outro problema tão grave, assim esperamos.
O calor chegou com toda força, dependemos de tantos equipamentos de refrigeração, imagino o caos que seria.
Hoje somos dependentes de tantos sistemas, ocupamos espaços de forma desordenada. Lá na orla um paredão de arranha-céus impede a entrada da brisa do mar, que antigamente ventilava a cidade, o asfalto cobriu a terra e aquece o ar, os veículos idem, a roda viva vai nos levando. Nunca mais vimos garoas, serenos, mal se vê o céu entre tantos edifícios, ainda bem que o mar nos deixou um horizonte aberto. Abraço/ney.

Reino da Fantasia disse...

Ainda bem que não fazemos parte do país (rs).aqui não houve apagão.bjs