31 maio 2008

Chegando junto com os netos

Ney.


Que maravilha poder estar ao lado da sua princesa(neta).

Eu ainda não tenho netos para saber como é ser avó, por isso fico admirando os netos dos amigos.

ENTÃO VAI MAIS UMA...



Clique sobre a imagem.

Então, depois dos elogios, fico eu me achando o tal e vou postar mais essa, ao lado de uma princesa (a neta), e no chafariz aparece o arco-iris da luz solar sobre o jato d'água... um dia frio, mas de muito sol.

POIS É...

O nosso blog passou também por outros governos, e a política esteve sempre na ordem do dia, embora os assuntos fossem muitos, variados, eu costumo dizer uma "miscelânea", desde os tempos que o blog se chamava BUTECO. Você ai de Curitiba, o Claudio de SAMPA e o Jards daqui, e mais os que entravam e saíam, principalmente conhecidos do Claudio, por falta de tempo etc.
Realmente mudei muito o rumo da prosa, resolvi harmonizar na música, poesia, nos vídeos do youtube, na arte. Houve tempos de ficar aqui sozinho, como uma página pessoal, então harmonizei com essa idéia para não deixar o blog acabar.
E fica ele assim sem metas determinadas, quem chegar dá o recado que quiser, para fugir dessas agendas do dia-a-dia, um buteco virtual como foi, ou uma praça pública, uma cadeira na calçada, ou sentar mesmo no meio-fio (guia) e ficar proseando... e o assunto político anda mesmo desanimador, e a violência desencanta qualquer um.
Mas estamos ligados na realidade, atentos ao mundo, e acreditando que é possível CHEGAR JUNTO nos bons sentimentos, e que o país e o mundo vão encontrar seus melhores caminhos, tem sido assim esse caminhar da humanidade, apesar das guerras, das tiranias, dos radicalismos.
É sempre um aprender, renovar, superar, sem mesmo ter todas as respostas... mistério e, ao mesmo tempo, toda a grandeza da Criação bem simples em tudo a nossa volta - para que ninguém se julgue capaz de explicá-la de outra forma, porque somos humanos e somente parte dessa grandiosidade da vida. Acho que basta enxergar esse equilíbrio e nos entender dentro dele. E na liberdade encontrar o verdadeiro caminho do crescimento. ///

POSTAGENS DE FOTOS

Pois é, ainda bem que o Ney vem colocando fotos de diversas situações pois nosso objetivo inicial era falar sobre o Governo Lula.

Teriamos tantas coisas para escrever, mas parece que desacreditamos de tudo que envolve a política em nosso país.

Melhor mesmo é ficar 'a espera do "desanoitecer"e contemplar a beleza da natureza.

PEQUENO PASSEIO NUM CANTO DE JURUJUBA - Niterói

video

Clique em play > na base da imagem (SOM).

Jurujuba é um canto de Niterói bem tranquilo, bem do jeito de uma colônia de pescadores. O vídeo não saiu muito bom por causa do movimento do carro, reflexos nos vidros das janelas, um com película UV outro não (luminosidades diferentes), e falhas do operador. A máquina é bem simples, mas vou melhorar.

http://www.blogger.com/video-play.mp4?contentId=8a46f75d9f161f80&type=video%2Fmp4

Existem, em Jurujuba, três fortalezas do Exército que são também pontos turísticos e históricos, bem preservados, belas construções, praias; Jurujuba é famosa pela Festa de São Pedro e outros eventos. Na Fortaleza Santa Cruz eu servi o Exército, e no clube náutico eu tive um barco exatamente como esse velejando na imagem... veja nos vídeos abaixo:

http://youtube.com/watch?v=JpyyJsPB4Xs

http://pt.fooooo.com/watch.php?id=ba1241985d5885476a104131ebe11b1c

http://youtube.com/watch?v=tOpYiw1DQmY

http://youtube.com/watch?v=FmHxnKXfe6U

PÔR-DO-SOL (outra foto no mesmo dia e local)



Clique na imagem para ampliá-la.

30 maio 2008

CLUBE NAVAL NITERÓI














Clique sobre a imagem para ampliá-la (foto ney).

A DANÇA ATRAVÉS DA PINTURA







Que bela idéia teve a Anabela Araújo e o Mario Capelluto de fazer esse trabalho, incluído no interessante site (http://www.sabercultural.org/index.shtml). Clique no endereço abaixo e quando abrir clique em cada nova página (ligue o som):
Adorei as fotos Ney!


Assim vamos conhecendo sua cidade!

Se der, coloca também o amanhecer, ele deve ser muito lindo!

Na verdade eu gosto mais do amanhecer, parece que tudo fica alegre ao receber o novo dia!!

FINAL DE TARDE EM ICARAI - NITERÓI




Clique sobre a imagem p/ ampliá-la.
Numa das fotos dei mais cor (photoshop) para o outono virar verão. No primeiro plano Pedra do Índio, a seguir Pedra do Itapuca, depois MAC e Ilha da Boa Viagem... ao fundo o Rio, o Corcovado, a Pedra da Gávea.

PÔR-DO-SOL HOJE EM ICARAI



Clique sobre a imagem para ampliá-la (foto ney).

Peguei bem na hora da onda...

29 maio 2008

NEM RAMBO AGUENTA ESSE MUNDO SEM FANTASIA (clique aqui)

Veja no link acima ou no endereço abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=N7mpu7MM8j0&feature=related

DENTRO E FORA DO MAC

















Clique sobre a imagem para ampliá-la (foto ney)

O Museu de Arte Contemporânea (Niterói), por dentro e por fora.

ONTEM NO JARDIM BOTÂNICO - RIO

video

Clique em PLAY > na base da imagem (som). E escute um monte de besteiras do neyniteroi, reclamando do barulho dos pássaros, macacos, água do rio, e porque não tem trânsito, buzinas, fumaça dos automóveis (rs).

CHEGANDO JUNTO COM A LUA




















Clique para ampliá-las. Vou aproveitar essas minhas fotos da lua, vistas da minha varanda, para colocar aqui a letra da música de um curta metragem de Ming Liang Tsai - É UM SONHO? (IT'S A DREAM)...

Ontem à noite

A lua estava clara e fascinante

Até a floresta de pinheiros prendeu a respiração

Pensei em você no meu sonho

Minha mente ficou presa entre a tristeza e a alegria



Hoje a noite a lua brilha como um espelho

Enquanto passeamos juntos sob a ponte

Vou te perguntar no meu sonho

Isto é sonho ou é realidade?

28 maio 2008

CHEGANDO JUNTO NA MÚSICA CLÁSSICA (clique aqui)

CHEGANDO JUNTO NUMA TATUAGEM




Quem disse que o neyniteroi não chega junto!? Pois é, vale o que está escrito... e é uma bela mulher, das mais bonitas do pedaço, e eu nem tenho tomado uma BOA cerveja (rs).
E essa beleza toda é de Niterói...

27 maio 2008

CHEGANDO JUNTO SEM MOTOR - Boa idéia, sem poluição.

Deve ser bom demais...

http://www.youtube.com/watch?v=MyPDLUBTCUg

54 ANOS CHEGANDO JUNTO... e mais 30 segundos

Puxa! A falha técnica (rs) foi assim no calor da emoção, diante das câmeras, e o Sr. Manoel fez uma bela declaração de amor, e chegou junto a vida toda... Dna. Maria vai perdoar, com certeza! Ainda mais sendo um caminhoneiro, andando por esse mundo.

VIVA O AMOR DOS DOIS !

http://www.youtube.com/watch?v=26OkXw_DAzg

24 maio 2008

CHEGANDO JUNTO NO AMOR (clique aqui).

Mais dois que conseguiram chegar juntos de forma brilhante: Clique no link do título ou no endereço abaixo:

http://br.youtube.com/watch?v=7X5XaViDJQk

COM O "Y" VOU PODER EXISTIR E CHEGAR JUNTO

Pois é, Heli, serei beneficiado pela nova ortografia, poderei ser um NEY reconhecido, verdadeiro. Pois não iria eu depois desse longo caminhar aceitar ser NEI... nem pensar! Já basta o desassossego de até hoje não saber quem é exatamente o Ney, ou o Nei (o clone na atual ortografia).
Mas é porque nunca temos todas as respostas, senão acabaria o sentido de caminhar, que é um eterno aprender e crescer. A meta é o fim, e ainda desejo caminhar muito... Tomara!
Ah, mas até hoje tenho conseguido me entender comigo mesmo (rs), mesmo sem todas as respostas. Às vezes, surgem umas dúvidas, mas nunca chegam a ser um desassossego.
E vale dizer que muitos desassossegados são brilhantes, porque vão fundo na sua alma, nas suas verdades. Não é o meu caso, mas é o do grande MESTRE Fernando Pessoa, que consegue ser genial até nas suas dúvidas, e ele vai fundo mesmo:

"Eu próprio não sei se este eu, que vos exponho, por estas coleantes páginas fora, realmente existe ou é apenas um conceito estético e falso que fiz de mim próprio. Sim, é assim. Vivo-me esteticamente em outro. Esculpi a minha vida como a uma estátua de matéria alheia ao meu ser. Às vezes não me reconheço, tão exterior me pus a mim, e tão de modo puramente artístico empreguei a minha consciência de mim próprio. Quem sou por detrás desta irrealidade? Não sei. Devo ser alguém. E se não busco viver, agir, sentir, é - crede-me bem - para não perturbar as linhas feitas da minha personalidade suposta. Quero ser tal qual quis ser e não sou. Se eu cedesse destruir-me-ia. Quero ser uma obra de arte, da alma pelo menos, já que do corpo não posso ser. Por isso me esculpi em calma e alheamento e me pus em estufa, longe dos ares frescos e das luzes francas - onde a minha artificialidade, flor absurda, floresça em afastada beleza"
. Fernando Pessoa . Livro dos Desassossegos.
Pois é Ney!

A comunicacão com os portuguêses é muito boa e é facil de se entender.Eu converso com muitos portugueses e a comunicacão é tranquila. A reforma maior vai ocorrer em outros países e no Brasil começa a preparação para as reformas ortográficas. O país perderá o trema, e os acentos em vôo, lêem e heróico entre outros. Sofrerá alterações nas regras do hífen, e será incorporado ao alfabeto as letras, k, w e y. O objetivo dessas mudanças é aproximar as culturas que utilizam a língua portuguesa, o que corresponde a 230 milhões de pessoas.

O bom nisso tudo é que a letra Y do seu nome, agora foi imporada ao nosso alfabeto!!!Hehehe

BRASIL E PORTUGAL CHEGANDO JUNTOS ANTES DA NOVA ORTOGRAFIA (clique aqui - som)

Pois é, Heli, e o músico Mario João (Mario Laginha), e a cantora Maria João, já se entendiam lá em Portugal, com a nossa bela música e letra brasileira, de Edu Lobo e Chico Buarque, inspirada numa história lá da Áustria, que virou um circo e uma poesia, que deu origem a bela música BEATRIZ, admirada e cantada em diversos países. E todos chegaram juntos com a BEATRIZ.

“O médico de câmara da imperatriz Teresa — Frederico Knieps / resolveu que seu filho também fosse médico / mas o rapaz fazendo relações com a equilibrista Agnes / com ela se casou, fundando a dinastia do Circo Knieps.” Com esses versos Jorge de Lima começava em 1938 o poema surrealista “O Grande Circo Místico”, inspirado num fato real ocorrido na Áustria no século XIX.Quarenta e cinco anos depois, Edu Lobo e Chico Buarque criariam a trilha musical para um bailado homônimo, baseado no poema, atendendo a uma encomenda do Balé Guaíra, do Paraná. No repertório composto, com relevantes arranjos do maestro Chiquinho de Morais, destacou-se a valsa “Beatriz”, uma metáfora da vida de atriz, também surrealista e de excepcional qualidade: “Olha / será que é uma estrela / será que é mentira / será que é comédia / será que é divina / a vida da atriz...” (texto do blog cifra antiga).

E eu tive o privilégio de ver Maria João aqui em Niterói no "ENCONTRO COM PORTUGAL", um grande evento de artes do então prefeito Jorge Roberto Silveira, onde ela interpretou, entre outras canções, também Beatriz.
E assim ficou a BEATRIZ, como o poema, também numa surrealista apresentação no vídeo do youtube:
Veja no endereço abaixo ou no link do título:
http://www.youtube.com/watch?v=KAggWL7WuGo

23 maio 2008

Reforma artográfica

Ney!

Esse acordo já existe há vários anos, parece-me que desde 2001
Dizem que as mudanças acontecerão em 2009.

Outra coisa:Os professores terão que realizar cursos para entender as mudangas.

MAS, HELI, QUANDO SAI ESSE TREM ?

Quero ver como vai ficar o "Nós vai" e outros... A GENTE VAMO/ CHEGAR JUNTOS? (rs)... e

Condo eh hora di cumê...nóis cómi;
Condo eh hora di bebê...nóis bébi;
Condo eh hora di drumi...nóis drómi;
Condo eh hora di amá...nóis ama;
Condo eh hora di trabaiá...
Ara sô... aí nóis vem qui nu trem postá um cadim.

Só aqui entre Minas, Rio e São Paulo e cheio desses trem diferente...

Minas Gerais:Uai;E ai cume qui oce tá indo?Esse trem ...
São Paulo: Ô lôco! Meu...mano;mermão;Tu foi pra balada? (versão paulista) Rio:Irado!!!"Colé..."show de bola""Azar a mulherada"Tu vai pra night? (versão carioca).

Dâno-se, tchê, e tu vais falar isso em Portugal?

CHEGANDO JUNTO NESSE CAMINHO (clique aqui - ligue o SOM)


Chegando junto com a reforma ortográfica





Reforma ortográfica



Maira Soabres /Folha Imagem

Com data marcada para entrar em vigor em 2008, a reforma ortográfica pretende fazer com que pouco mais de 210 milhões de pessoas em oito países que falam o português tenham a escrita unificada, conservando as variadas pronúncias. A proposta foi apresentada em 1990, mas era necessário que pelo três países ratificassem os termos da proposta, o que ocorreu somente em 2006. O Congresso brasileiro aprovou as mudanças em 1995. Saiba o que vai mudar no nosso idioma:
1. Quais as diferenças básicas da ortografia usada no Brasil e em Portugal?2. Quantos e quais países falam português?3. A unificação pode trazer benefícios para a economia dos países que falam português?4. Por que é preciso padronizar o português?5. O que é necessário para que ocorram mudanças na língua portuguesa?6. Quais foram as reformas na língua portuguesa anteriormente?7. O que elas mudaram de essencial na ortografia?8. O acordo para unificação foi proposto em 1990. Por que só foi aprovado agora?9. As mudanças serão apenas gráficas ou vão alterar a pronúncia?10. Quais as mudanças na utilização do hífen?11. Como fica a regra de acentuação?
1. Quais as diferenças básicas da ortografia usada no Brasil e em Portugal?
Existem duas ortografias oficiais da língua portuguesa: a do Brasil e de Portugal. A norma portuguesa é a que serve de referência para o ensino de português em outros países. O vocabulário português contém palavras escritas com consoantes mudas, como Egipto e objecto. Em outras, como indemnizar e facto, as consoantes "a mais" são pronunciadas. Além disso, nas sílabas tônicas seguidas de m e n, o som é aberto. Por exemplo, a palavra econômico (escrita brasileira) é escrita e lida económico em Portugal.

PORTUGAL DE ROSTO ANTIGO - clique aqui

Aqui no Brasil vimos muitos desses rostos, que ainda estão ai nas marcas do tempo, nesse caminhar desde nossas origens, nas muitas identidades, costumes, alma e poesia, na arquitetura, nessa convivência ainda presente no dia-a-dia.

http://www.youtube.com/watch?v=3NdQDv_JBTo

ÚLTIMO TEXTO DE ARTUR DA TÁVOLA

PAPO DISPERSIVO SOBRE A PAIXÃO
As pessoas amam bem mais a expectativa do amor possível, que o amor propriamente dito. Daí a intensidade dos impulsos bloqueados, os que estão impedidos de expansão e movimento na direção do objeto amado.
Os "grandes amores" da literatura são grandes, não por serem amores, mas por serem impossíveis.
Já os grandes amores da vida real só quem sente é que sabe. A impossibilidade de dimensionar um impulso afetivo carrega de energia a fantasia. E esta se encarrega de dar dimensão ao que o exercício da relação, talvez, tirasse.
Na paixão impossível só estão as projeções do que idealizamos, pretendemos ou não conseguimos viver em nosso cotidiano. Daí ser fácil entender sua força, sua obsessiva presença na cabeça dos enamorados.
É por isso, aliás, que só é musa quem é inatingível. Case-se com a sua musa e acordará com uma jararaca...
Case-se com quem ama e será feliz.
Quer se ver livre de uma paixão colossal? Vá viver com a pessoa objeto da paixão (observem, por favor, que não estou usando a palavra amor). Aliás, já está nosclássicos e, mesmo, antes destes, nos antigos: "A conquista enobrece e a posse avilta". Ou, como dizia Goethe: "Nas batalhas da paixão, ganha aquele que foge".
Quantas vezes as relações humanas terminam ou se interrompem sem terem esgotado o potencial de possibilidades adivinhadas, intuídas, sentidas. Aí, o que não se esgotou clama por vir à tona e, muitas vezes, ameaça ocupar (e às vezes ocupa, efetivamente) todo o "ego".
Não é por outra razão que o apaixonado é o maior dos egoístas. Ao dedicar tudo ao objeto da paixão, está é alimentando a própria necessidade, seja de sofrimento, de idealização, de felicidade ou fantasia.
Entupido de impossibilidades, ele clama. E a isso muitos chamam amor.
Mas amor é coisa muito diversa...
Amor não clama nem reclama: amor dá.

22 maio 2008

PASSANDO PELA PONTE RIO/NITERÓI - Clique em play > na telinha ou AQUI.

video

Clique em play > na base da telinha ou no link, podendo ver em tela cheia: http://www.blogger.com/video-play.mp4?contentId=13357bf63a7ca323&type=video%2Fmp4

UMA VISTA DA JANELA - Clique em play > na imagem abaixo/ligue o som.

video

Quinta-feira, 22 de maio, Corpus Christi, feriado nacional, e todos já foram para as estradas, aproveitar o feriadão, Niterói fica tranquila, e está um belo dia azul, de muito sol, e na hora de caminhar, pedalar na orla... BOM DIA!

LIGUE O SOM E CLIQUE EM PLAY >

UM CANTINHO MUSICAL DA MINHA CASA - Clique em play > na imagem abaixo/ligue o som.

video

Um cantinho musical de estar, prosear, ouvir música, e não ligar a TV, a não ser que um artista apareça na telinha dando um adeus como aqui no caso (Quem será, parece um galã!?)... É o Superman? Não, o Super Homem está no post anterior, voando no terraço de Louis Lane, levando ela para um passeio nas estrelas. Ah, vai ver é um viajante virtual, navegando no ciberespaço, no mundo da imagem digital... Um abraço!

LIGUE O SOM... CLIQUE EM PLAY >

21 maio 2008

Bruce Springsteen - Secret Garden (clique aqui)


SEGREDOS... (clique aqui)
















Sempre existe um mundo de segredos, amores, paixões, sonhos numa sacada, num terraço, numa porta entreaberta por onde sopra uma suave brisa, enfunando as cortinas, iluminado pela luz da lua, e lá de dentro vem uma agradável música, um aroma de flores... doces momentos de se viver com intensidade e carinho, compartilhados, inesquecíveis. Um brinde a vida e a todos os seus momentos de bons sentimentos.

ESSES CASOS DE AMOR...

Mas tem amores que são felizes assim sem um final feliz, e até perderiam a graça caso se realizassem, porque perderiam o encanto da expectativa... é dessa forma que viajam no espaço, entre as estrelas, numa eterna busca...

http://www.youtube.com/watch?v=SH89qDE1LX8&feature=related

20 maio 2008

SOBRE ESSES CAMINHOS PERCORRIDOS...

Vendo o filme ACROSS THE UNIVERSE, fiz no seu interessante roteiro, uma viagem no tempo, um paralelo com esse meu caminhar desde a adolescência nos anos 60.
Trata-se de uma bela história de amor, que sobrevive a um cenário de guerras, diferenças sociais, ideologias, encontros e desencontros, que as músicas dos Beatles servem para expressar bem os sentimentos da época, fazendo do filme também um belo musical.

Parte desse período foi mesmo denominado “ANOS DOURADOS”, pelo progresso que aconteceu após a II guerra mundial, a necessidade de reconstrução, a busca pelos caminhos da paz, da liberdade e da democracia. E foi mesmo de grandes expectativas, cantado em prosa e versos, e explodia em música, bandas, guitarras, rock and roll, bossa-nova, festas, alta sociedade, automóveis, lambretas, roupas coloridas, cabelos compridos.

A juventude encontrou a possibilidade de se libertar de uma sociedade extremamente tradicional e rígida nos seus costumes, até mesmo de muitas hipocrisias, preconceitos e valores não mais condizentes com os novos tempos da modernidade, e que já vinham nos decepcionando e sendo questionados desde aquela guerra monstruosa que se espalhou pelo mundo.

Mas não foram fáceis esses caminhos, a juventude foi rotulada de transviada ao querer viver o amor, a liberdade, a paz. E veio a guerra fria, os inimigos ideológicos... Muro de Berlim, Vietnam, Cuba, o mundo dividido em democracia x comunismo, ampliando-se em revoluções pelo mundo que colocaram em perigo a liberdade e a democracia.

O jovem nem chegou a amadurecer sua idéia de liberdade e já se perdia entre liberdade e libertinagem, numa viagem psicodélica que fosse capaz de entender um mundo de bombas cada vez mais destruidoras. Dessas guerras, quando voltavam, chegavam mutilados, desiludidos dos seus sonhos.

Mas a esperança é a última que morre, e ele corre atrás dos seus sonhos, não desiste nunca. O filme retrata bem isso, num contexto dos EUA, mas que pertence ao mundo hoje globalizado, que haverá de reconhecer-se na verdade e na liberdade, no livre debate de idéias.

Viva a vida e a liberdade! E que possamos encontrar nossos melhores caminhos.

Veja o trailer do filme em:
http://www.youtube.com/watch?v=7VTPSL9TcJc
A flor de Lótus é venerada na Índia e no Japão, e Oráculo disse que essa era a flor símbolo da espiritualidade; a mais admirada de todas, do "lado de lá", por suas qualidades. A semente de Lótus pode, por exemplo, ficar mais 5.000 anos sem água, somente esperando a condição ideal de umidade pra germinar. Ela nasce na lama e só se abre quando atinge a superfície, onde só então mostra suas luminosas e imaculadas pétalas, que são autolimpantes, isto é, têm a propriedade de repelir microrganismos e poeiras. É também a única planta que regula seu calor interno, mantendo-o por volta de 35º, a mesma temperatura do corpo humano. O botão da flor tem a forma de um coração, e suas pétalas não caem quando a flor morre, apenas secam. Assim, para os Chineses, o passado, o presente e o futuro estão simbolizados, respectivamente, pela flor seca, pela flor aberta e pela semente que irá germinar.

19 maio 2008

FLOR DE LÓTUS (clique aqui)







Puxa! Quanta honra... fui presenteado com uma for de lotus. Um presente muito especial. E ela é da mesma família da vitória-régia, que postei aqui recentemente.
No link acima, em "clique aqui", tem um vídeo com uma linda música e muitas flores da espécie.
E no endereço abaixo uma lenda falando de sua beleza imaculada, e que para o homem tem o símbolo da pureza e perfeição ...
http://www.viacapella.com.br/portal/lotus.htm

CHEGANDO JUNTO NUM CAFÉ COM MÚSICA (clique aqui)










Clique sobre a imagem p/ ampliá-la.

http://www.youtube.com/watch?v=2b8CCwQEUik



E O MACHADO VOLTOU...

Mas foi eu falar dele no post anterior e não é que ele resolveu voltar!? E andando distraído pelas ruas do Rio, não sabe que os tempos são outros, corre o risco de ser assaltado, ou pegar uma dengue. Mas bom gosto ele tem, se pegar uma digital vai sair fotografando a orla, pois a natureza ainda está lá, um POUCO modificada, é claro, mas ainda maravilhosa. E escolheu bem o lugar para tomar um lanche...

Atenção: Por um breve tempo, no início, o vídeo fica com a tele preta, mas logo aparece a imagem...

http://www.youtube.com/watch?v=8t77W2TO4kg&feature=related

CHEGANDO JUNTO COM O GRANDE MACHADO DE ASSIS

E paira a grande dúvida até hoje: Capitu traiu Bentinho? Ezequiel seria filho de Escobar (o melhor amigo de Bentinho)? E assim Machado de Assis encantou o mundo com sua grande obra, e descreveu o Rio e sua época como ninguém, e se tornou o número 1 da Academia Brasileira de Letras. Grandes debates dos nossos tempos inocentam Capitu, porque Bentinho era mesmo confuso e cheio de dúvidas, e a mãe queria que fosse padre. Mas nunca ninguém vai saber e fazer sensacionalismo. Relembre ai a grande obra, a bela narrativa, a história de amor que jamais terá um The End. Quem chegou junto de quem?

http://www.youtube.com/watch?v=D4X_yKkIAqg

18 maio 2008

SOBRE AS FOTOS ANTERIORES

As praias de Adão e Eva (fotos anteriores), ficam exatamente na entrada Baia da Guanabara, são as duas primeiras do lado de dentro. Bem na beira do canal de entrada estão, do lado do Rio, o Pão-de-Açúcar; do lado de Niterói, a Fortaleza Santa Cruz (nona foto anterior), patrimônio histórico e turístico, sendo que as primeiras instalações sobre o rochedo ali existente, são dos primórdios da nossa história, ainda no tempo de Villegnon. As diversas instalações e construções resultaram nessa existente. Suas paredes, de 1 metro de espessura, foram construídas com pedras talhadas e trazidas de Portugal.

Ali, em 1963, eu servi o Exército, 1 ano de serviço à Pátria). Belas fotos da fortaleza podem ser vistas em http://www.marcillio.com/rio/enbgfort.html (Um dos pontos turísticos mais visitados da cidade). Vale conferir a bela arquitetura.


Belas fotos.

Adorei as fotos Ney!

A vontade de ir ao Rio ficou maior!

17 maio 2008

AINDA NAS PRAIAS DE ADÃO E EVA - Niterói


Praias de Adão e Eva - Niterói-RJ. Ficam em Jurujuba, pertinho de Icarai. Essas são as vistas do Rio que se tem de lá, o Pão-de-Açúcar, Corcovado, a Fortaleza de Santa Cruz (onde eu servi o Exército)...


























PRAIAS DE ADÃO E EVA - Niterói







MAR PORTUGUÊS

MAR PORTUGUÊS

Fernando Pessoa


Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena?Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quere passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.

Ainda sobre a lua...

Para ser grande, ser inteiro; nada teu exagera ou exclui; ser todo em cada coisa; põe quanto és no mínimo que fazes; assim em cada lago, a lua toda brilha porque alta vive.

Fernando Pessoa

16 maio 2008

SOBRE A LUA ADVERSA

Pois é, Heli, adversa mesmo essa LUA da Cecília... mas ela, a Cecilia, soube tanto nos falar do amor (da educação, da vida, de tudo mais), que mesmo num eventual desencontro ele não perde o encanto, que está em tudo que ela escreveu.

Mas, sabe, o amor é cheio de enigmas (como dizia o Artur da Távola, que será eterno como a Cecilia), e vai ver houve um encontro que não se pôde ver, assim na obscuridade de um eclipse, como aconteceu com o SOL e a LUA, como nesse sensível texto da Silvana Duboc, que de bem com a vida nos fala sempre da interatividade:

http://www.youtube.com/watch?v=NVA1oLVLVuk&feature=related

LUA ADVERSA

Achei muito bom o texto do Artur.

Vou colocar um texto da Cecília que eu gosto muito.



Cecília Meireles

LUA ADVERSA

Tenho fases, como a lua.
Fases de andar escondida,
Fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua,
Tenho outras de ser sozinha.


Fases que vão e que vêm,
No secreto calendário
Que um astrólogo arbitrário
Inventou para meu uso.


E roda a melancolia
Seu interminável fuso!
Não me encontro com ninguém
(tenho fases, como a lua...)
No dia de alguém ser meu
Não é dia de eu ser sua...
E, quando chega esse dia,
outro desapareceu...

ISSO DE AMIZADE - Artur da Távola

ISSO DE AMIZADE – Artur da Távola

Será amizade? Será saudade comum dos anos vividos em amizade? Será saudade dos anos felizes ou uma afinidade que se espraia no tempo? Não sei responder. Sei que com algumas pessoas (poucas), há uma insistência teimosa em desejar ver, trocar idéias e experiências, creio, pela certeza da reciprocidade e do "ser aceito".Sim, talvez seja a certeza de ser aceito, uma das maiores necessidades humanas neste mundo de incompreensões. Talvez seja a necessidade da existência de certeza prévia de acolhimento ao que somos, como somos e ao que pensamos, o fermento da amizade.O mistério da amizade talvez resida no alívio que traz a existência de alguém que nos acolha. Digo acolha e, não, recolha - aí já seria dependência de um lado e paternalismo do outro.Acolher significa receber de bom grado, previamente, sem julgamentos ou resistências. É molesto o fato de que os seres humanos vivam a julgar e que suas opiniões prévias interponham barreiras na comunicação, dificultando-a.O mistério da afinidade consiste na inexistência das resistências ao outro, mesmo quando haja discordância. Isso não deriva apenas de afeto. Quantas vezes há afeto entre as pessoas sem, porém, a aceitação natural, espontânea e prévia?Verifique nas amizades tidas e vividas ao logo da vida, o que delas restou. Haverá muita vivência, boa e má. Raramente, porém, restará a amizade...Com os anos, vão se tornando escassas as amizades que atravessaram o terreno íntimo que lhes é próprio sem arranhões e sem mágoas, restando, como fruto, após ingentes experiências humanas e existenciais, apenas (e já é tanto...) a amizade.Amizade é o que resta da amizade. Se o que resta de uma amizade é amizade, então amizade é. Da verdadeira!
***********************************************

15 maio 2008

CHEGANDO JUNTO COM SAMPA (clique aqui)




E um dia, pouco mais que adolescente, tive eu que deixar minhas raízes no Rio e Niterói... família, amigos, esquinas, e ir para SAMPA.
E foi bem na época que surgiu Caetano Veloso, brilhando na música com competência e talento, "SEM LENÇO E SEM DOCUMENTO", e fez a grande canção que diz bem desse "difícil começo" que temos todos de nos adaptar a uma nova realidade, e nos sentirmos assim sozinhos numa imensa cidade.
Mas logo "alguma coisa acontece no nosso coração", e vamos entendendo a realidade de um novo lugar, e fazendo amigos, e entendendo sua alma e coração, e aprendendo a viver seu dia-a-dia numa boa.
E assim fiquei 5 anos, e fiz muitos amigos, e entendi seus encantos, e acho mesmo que Rio e Sampa se completam. E já falam que com o trem-bala, a Via Dutra e a Ponte Aérea, seremos mesmo uma grande MEGALÓPOLE, que já se caracteriza por uma forte integração econômica e intensos fluxos de pessoas e mercadorias.

Sampa... (clique aqui)> http://www.youtube.com/watch?v=W4VamL9m1WM
Caetano Veloso
Composição: Caetano Veloso
Alguma coisa aconteceNo meu coraçãoQue só quando cruza a IpirangaE a Avenida São João
É que quando eu cheguei por aquiEu nada entendiDa dura poesia concretaDe tuas esquinasDa deselegância discretaDe tuas meninas...Ainda não haviaPara mim Rita LeeA tua mais completa traduçãoAlguma coisa aconteceNo meu coraçãoQue só quando cruza a IpirangaE a Avenida São João...Quando eu te encareiFrente a frenteNão vi o meu rostoChamei de mau gosto o que viDe mau gosto, mau gostoÉ que Narciso acha feioO que não é espelhoE a mente apavora o que aindaNão é mesmo velhoNada do que não era antesQuando não somos mutantes...E foste um difícil começoAfasto o que não conheçoE quem vende outro sonhoFeliz de cidadeAprende depressaA chamar-te de realidadePorque és o avesso do avessoDo avesso do avesso...Do povo oprimido nas filasNas vilas, favelasDa força da grana que ergueE destrói coisas belasDa feia fumaça que sobeApagando as estrelasEu vejo surgir teus poetasDe campos e espaçosTuas oficinas de florestasTeus deuses da chuva...PanaméricasDe Áfricas utópicasTúmulo do sambaMais possível novoQuilombo de ZumbiE os novos baianos passeiamNa tua garoaE novos baianos te podemCurtir numa boa...

14 maio 2008

CHEGANDO JUNTO DA VITÓRIA-RÉGIA


Foto que tirei hoje no Jardim Botânico do Rio. A vitória-régia é uma planta aquática da Amazônia.
Clique sobre a imagem para ampliá-la.
Veja o desenvolvimento da Vitória-Régia no vídeo que segue:

CHEGANDO JUNTO DO CRISTO REDENTOR


Do alto do corcovado o CRISTO abençoa o Rio de Janeiro.
Foto tirada hoje do Jardim Botânico.
Clique sobre a imagem para ampliá-la.

HOJE NO JARDIM BOTÂNICO - RIO







Fotos que tirei hoje no cactário do Jardim Botânico do Rio, que tem mais de 100 espécies. Clique sobre as imagens para ampliá-las.
Se quiser passear no mundo dos cáctos, o vídeo a seguir é uma belo passeio?

CHEGANDO JUNTO NA (VI SEMANA DE MUSEUS) - clique aqui

MUSEUS COMO AGENTES DE MUDANÇA SOCIAL E DESENVOLVIMENTO - Confira programação de sua cidade.

http://www.revistadehistoria.com.br/v2/home/?go=detalhe&id=1612

13 maio 2008

MACIÇO DE MONTANHAS DO RIO


Maciço de montanhas do Rio - Pão-de-Açúcar, Corcovado, Sumaré, Pedra da Gávea etc., visto da Praia de Camboinhas - Niterói.
foto ney.
Mais Niterói em ...

PRAIA DE CAMBOINHAS - NITERÓI



Ao fundo o maciço de montanhas do Rio de Janeiro.

PRAIA DE ITAIPU - NITERÓI


MUSEU DE ARQUEOLOGIA DE ITAIPU (Niterói)


IGREJA DE ITAIPU - NITERÓI




Fotos

Muito legais os seus testes Ney!

Nem parece coisa de maluco, hehehehe!

12 maio 2008

O NETO CHEGANDO JUNTO...




E já está maior que o avô...

TESTE FOTOGRÁFICO


Clique na imagem para ampliá-la.
Não é maluco não, só aposentado. Eu estava só fazendo uns testes, se a máquina, no close up, focava a primeira mão, a segunda ou o meu rosto, ela focou quase tudo. Mas acharam que eu era maluco e fui jogado dentro de um cálice (vide post anterior).

BEBA COM MODERAÇÃO...


Clique na imagem para ampliá-la.
Que maldade! Fui jogado dentro de um cálice. O próximo post explica.
foto ney, brincando no photoshop.

CHEGANDO JUNTO NA NATUREZA MORTA


Clique na imagem para ampliá-la.
E esse quadro, de 1 palmo e meio por um palmo, parece maior assim bem próximo num close up.
Pintado por um tio da família, o Toledo Piza, grande pintor e amigo, já falecido
foto ney.

CHEGANDO JUNTO COM AS BONECAS...



Clique na imagem para ampliá-la.

Essas bonecas têm 1 palmo e meio de altura, mas nesse ângulo parecem grandes...

foto ney.

CHEGANDO JUNTO NAS PEDRAS DA ITAPUCA (clique aqui)


Era uma passagem mínima, um buraco na pedra, de uma para a outra praia, Flechas e Icarai, por isso o nome ITAPUCA (pedra furada, ou arco de pedra). Veio a urbanização, dinamitou-se parcialmente a pedra para alargar a rua, e ficaram ai as pedras, além daquelas já existentes, mas criou-se uma harmonia.
Mas quando tem ressaca, e maré alta, vem a onda de encontro ao paredão, joga água, areia e pedras na calçada e na rua, e atinge o outro lado da pista, e chega a entrar pelas ruas perperdiculares, nos pontos mais baixos. É um programa para os niteroienses, uma festa para os surfistas, trabalho para o pessoal da limpeza... Um espetáculo da natureza, mostrando sua força, um aviso que devemos respeitá-la, pois ela é linda, perfeita, mas não perdoa. VEJA NO LINK ACIMA ou aqui em...
E tem mais:
A Pedra de Itapuca abriga uma lenda na qual a índia Jurema manteve com o guerreiro Cauby uma aventura amorosa. Conta-se que Jurema estava prometida ao mais forte e bravo dos guerreiros de sua tribo, quando se deparou, um dia, com Cauby, de nação estranha. Desde então, nas noites de lua, Jurema cantava e Cauby a ouvia. Um dia, o romance foi descoberto pela tribo de Jurema, sendo os dois amantes atacados. Cauby, temeroso, fugiu. Curada dos ferimentos, Jurema nunca mais cantou. Muda e triste, permanecia na praia, todas as noites, chorando as saudades de Cauby até que, passadas seis luas, chegara a hora de seu casamento forçado com outro guerreiro de sua tribo. Na véspera, Jurema, mais uma vez, se dirigiu à praia e começou e cantar. Foi quando, saindo das águas, Cauby abraçou-a e os dois se deixaram ficar, protegidos pela lua, até que membros da sua tribo os cercaram, armados e enfurecidos. Na luta desigual, os amantes pagaram com a vida. Nesse momento, Tupã, a pedido de Jacy - a lua - abençoando o amor de Cauby e Jurema, transportou-os para o interior da pedra, onde permaneceram eternamente unidos.
Ney!

Valeu pela homenagem e pela rosa como presente do dia das mães!

DIREÇÃO E ÁLCOOL NÃO CHEGAM JUNTO...

E nesse vídeo nem tem acidente, gente morta, carro batido... mas dá o recado:

http://www.youtube.com/watch?v=VqfPmmraGeU

ESSE FRIO CHEGANDO NO OUTONO...

Nem parece Rio de Janeiro, esse frio chegando assim no Outono, a chuva... acho que esse inverno promete, melhor ligar logo a lareira aqui no blog...

http://www.youtube.com/watch?v=NTiIHgkXqsk

11 maio 2008

FELIZ DIA DAS MÃES !



Minhas férias eram sempre em Cabo Frio, Arraial do Cabo, Búzios, e meus pais (falecidos), geralmente vinham juntos, e adoravam essa chamada "Prainha", e trago essa flor para minha mãe e todas as mães.

Essa foto é mais recente, tirada pelo Jards numa ida a Arraial do Cabo, e ele também gosta de tirar fotos ( conhece do assunto), a flor eu coloquei no photoshop.

10 maio 2008

SER MÃE - HOMENAGEM AS MÃES

Ela é bonita. Não, ela é mais do que bonita. Ela é a própria vida em seu mais terno romper da aurora. Vocês não a conhecem. Nunca viram nem um único de seus retratos, mas a evidência ali está, a evidência de sua beleza, a luz sobre seus ombros quando se inclina sobre o berço, quando vai ouvir o suspiro do pequeno Francisco de Assis, que ainda não se chama Francisco, que é apenas um pouco de carne rósea e enrugada, um pequeno homem mais desprevenido do que um gatinho ou uma arvorezinha. Ela é bonita em razão desse amor do qual ela se despoja para vestir a nudez da criança. Ela é bonita em virtude desse cansaço que ela vence cada vez que vai ao quarto da criança. Todas as mães têm essa beleza. Todas têm essa justiça, essa verdade, essa santidade. Todas têm essa graça que causa ciúme ao próprio Deus - o solitário em sua árvore da eternidade. Sim, vocês não podem imaginá-lo de outro modo, a não ser revestido com essa roupa de amor. A beleza das mães ultrapassa infinitamente a glória da natureza. Uma beleza inimaginável, a única que vocês podem imaginar para essa mulher atenta aos movimentos da criança. O Cristo nunca fala em beleza. Ele apenas convive com ela, em seu verdadeiro nome: AMOR. A beleza vem do amor como o dia vem do Sol, como o Sol vem de Deus, como Deus vem de uma mulher esgotada por seu parto. Os pais vão à guerra, vão aos escritórios, assinam contratos. Os pais têm a sociedade como encargo. É seu negócio, seu grande negócio. Um pai é qualquer um que representa apenas ele mesmo diante de sua criança, e que crê naquilo que representa: a lei, a razão, a experiência. A sociedade. Uma mãe nada representa diante de seu filho. Ela não está diante dele, mas em volta, dentro dele, em todo o lugar. Ela segura a criança levantada na extremidade de seus braços e apresenta-a à vida eterna. As mães têm Deus por encargo. É sua paixão, sua única ocupação, sua perda e sua consagração, por assim dizer. Ser pai é desempenhar o papel de pai. Ser mãe é um mistério absoluto, um mistério que não se compõe com nada, um absoluto relativo a nada, uma tarefa impossível e, portanto, preenchida - mesmo pelas más mães. Mesmo as más mães estão nessa proximidade do absoluto, nessa familiaridade com Deus que os pais nunca conhecerão, extraviados como estão pelo desejo de bem preencher seu lugar, de bem manter sua condição. As mães não têm condição, não tem lugar. Elas nascem ao mesmo tempo que suas crianças. Elas não têm, como os pais uma vantagem sobre o filho - a vantagem de um experiência, de uma comédia representada muitas vezes na sociedade. As mães crescem na vida ao mesmo tempo que seus filhos, e, como a criança é, desde seu nascimento, semelhante a Deus, as mães estão de repente no santo dos santos, plenas de tudo, ignorantes de tudo e que as preenche. E, se toda beleza pura procede do amor, de onde vem o amor, de qual matéria é feita sua matéria, de qual natureza é sua natureza? A beleza vem do amor. O amor vem da atenção. A atenção simples para os simples, atenção humilde para os humildes, atenção viva para todas as vidas. Os homens sustentam o mundo. As mães sustentam o eterno, que sustenta o mundo. (Christian Bobin)

ARTUR DA TAVOLA - SER PAI

Hoje é dia de meu aniversário. E de todas as minhas modestas dimensões humanas, a que mais me realiza é a de ser pai. Ser pai é acima de tudo, não esperar recompensas. Mas ficar feliz caso e quando cheguem. É saber fazer o necessário por cima e por dentro da incompreensão. É aprender a tolerância com os demais e exercitar a dura intolerância (mas compreensão) com os próprios erros. Ser pai é aprender errando, a hora de falar e de calar. É contentar-se em ser reserva, coadjuvante, deixado para depois. Mas jamais falar no momento preciso. É ter a coragem de ir adiante, tanto para a vida quanto para a morte. É viver as fraquezas que depois corrigirá no filho, fazendo-se forte em nome dele e de tudo o que terá de viver para compreender e enfrentar. Ser pai é aprender a ser contestado mesmo quando no auge da lucidez. É esperar. É saber que experiência só adianta para quem a tem, e só se tem vivendo. Portanto, é agüentar a dor de ver os filhos passarem pelos sofrimentos necessários, buscando protegê-los sem que percebam, para que consigam descobrir os próprios caminhos. Ser pai é saber e calar. Fazer e guardar. Dizer e não insistir. Falar e dizer. Dosar e controlar-se. Dirigir sem demonstrar. É ver dor, sofrimento, vício, queda e tocaia, jamais transferindo aos filhos o que, a alma, lhe corrói. Ser pai é ser bom sem ser fraco. É jamais transferir aos filhos a quota de sua imperfeição, o seu lado fraco, desvalido e órfão. Ser pai é aprender a ser ultrapassado, mesmo lutando para se renovar. É compreender sem demonstrar, e esperar o tempo de colher, ainda que não seja em vida. Ser pai é aprender a sufocar a necessidade de afago e compreensão. Mas ir às lágrimas quando chegam. Ser pai é saber ir-se apagando à medida em que mais nítido se faz na personalidade do filho, sempre como influência, jamais como imposição. É saber ser herói na infância, exemplo na juventude e amizade na idade adulta do filho. É saber brincar e zangar-se. É formar sem modelar, ajudar sem cobrar, ensinar sem o demonstrar, sofrer sem contagiar, amar sem receber. Ser pai é saber receber raiva, incompreensão, antagonismo, atraso mental, inveja, projeção de sentimentos negativos, ódios passageiros, revolta, desilusão e a tudo responder com capacidade de prosseguir sem ofender; de insistir sem mediação, certeza, porto, balanço, arrimo, ponte, mão que abre a gaiola, amor que não prende, fundamento, enigma, pacificação. Ser pai é atingir o máximo de angústia no máximo de silêncio. O máximo de convivência no máximo de solidão. É, enfim, colher a vitória exatamente quando percebe que o filho a quem ajudou a crescer já, dele, não necessita para viver. É quem se anula na obra que realizou e sorri, sereno, por tudo haver feito para deixar de ser importante.

09 maio 2008

ARTUR DA TAVOLA

Ah, Heli, bem lembrado falar do Artur da Tavola, infelizmente num momento triste, mas sua obra é imortal.... inesquecível sua forma de falar do amor e seus enígmas, do amadurecimento, do equilíbrio e do encanto de viver sem desvendar todos os mistérios, do amor maduro, de ser pai, de valorizar a música, a vida pública... deixo aqui um dos seus textos mais recentes, falando com o coração:

Falando com o Coração
Artur da Távola

O amor maduro não é
menor em intensidade
Ele é apenas silencioso
Não é menor em extensão
É mais definido, colorido
e poetizado

Não carece de demonstrações;
presenteia com a verdade
do sentimento

Não precisa de presenças
exigidas
Amplia-se com as ausências
significantes

O amor maduro tem e quer
problemas, sim como tudo,
Mas vive dos problemas
da felicidade.
Problemas da felicidade são
formas trabalhosas de
construir o bem e o prazer
Problemas da infelicidade
não interessam ao amor
maduro

Na felicidade está o encontro
de peles,
o ficar com gosto
da boca e do cheiro, está a
compreensão antecipada, a
adivinhação, o presente de
valor interior,
a emoção vivida
em conjunto, os discursos
silenciosos da percepção, o
prazer de conviver, o equilíbrio
de carne e de espírito

O amor maduro é a
valorização do melhor do outro
e a relação com a parte salva
de cada pessoa
Ele vive do que não morreu
mesmo tendo ficado para depois

Vive do que fermentou, criando
dimensões novas para
sentimentos antigos, jardins
abandonados, cheios de
sementes

Ele não pede...tem
Não reivindica...consegue
Não percebe...recebe
Não exige...dá
Não pergunta...adivinha
Existe, para fazer feliz

O amor maduro cresce
na verdade e se esconde a
cada auto-ilusão

Basta-se com o todo do pouco
Não precisa nem quer
nada do muito
Está relacionado com a vida
e sua incompletude, por isso
é pleno em cada ninharia por
ele transformada em paraíso

É feito de compreensão,
música e mistério
e a forma sublime de ser
adulto
E a forma adulta de ser
sublime e criança

É o sol de outono
Nítido mas doce...
Luminoso sem ofuscar...
Suave mas definido...
Discreto mas certo...
Um sol, que aquece até
queimar...

Artur da Tavola despedida

Artur da Tavola

Coisas que a vida ensina depois dos 40Amor não se implora, não se pede não se espera...Amor se vive ou não.Ciúmes é um sentimento inútil.
Não torna ninguém fiel a você.Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus paramostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem não explodir.Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.
A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.Amigos de verdade nunca te abandonam.O carinho é a melhor arma contra o ódio.As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo.
Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que abrem portas para uma vida melhor
O amor... Ah, o amor...O amor quebra barreiras, une facções,destrói preconceitos,cura doenças...Não há vida decente sem amor!E é certo, quem ama, é muito amado.E vive a vida mais alegremente../

.Artur da Távola

UMA ILHA, NA VISÃO DE UM GRANDE POETA

O lado bom

Quero ser uma ilha,
um pouco de paisagem,
uma janela aberta,
uma montanha ao longe,
um aceno de mar.

Quando precisares de sonho,
de um canto de beleza,
de um pouco de silêncio,
ou simplesmente
de sol… e de ar…

Quero ser o lado bom
em que pensas,
isto que intimamente
a gente deseja
mas nem sempre diz
- quero ser,
naquela hora,
o que sentes falta
para seres feliz…

Que quando pensares
em fugir de todos
ou de ti mesma, enfim,
penses em mim…

J.G. de Araújo Jorge

ILHA DA BOA VIAGEM


Ilha da Boa Viagem.
Os portugueses sempre foram devotos de Nossa Senhora da Boa Viagem. A primeira igreja da ilha foi erguida sob a forma de capela,em 1650, pelo português Diogo Carvalho da Fontoura provedor da Real Fazenda do Rio de Janeiro.
A igreja foi objeto de veneração por parte dos homens do mar, que partindo do Rio de Janeiro, para outros portos, não se descuidavam, naqueles tempos de pedir proteção de Nossa senhora, ofertando-lhe dádivas em pagamentos de promessas.
Belíssimos eventos são realizados sempre no 4º domingo de cada mês, ás 8h 30 min com missas.
Num plano mais abaixo, existe a segunda edificação mais antiga da ilha: Um fortim ( pequeno forte), ou seja, as ruínas que restaram dele. A ilha é uma referência histórica e turística.
Nasci no Rio de Janeiro, quando era ainda a Capital do Brasil... nem importa se não é mais o coração do Brasil, na alma da gente ainda é um jardim florido, uma cidade maravilhosa cheia de encantos mil. Mas aqui em Niterói vivi a maior parte da minha vida, e somos uma só cidade em volta da Baia da Guanabara. E de tanto gostar dela fiz um vídeo contando a sua história, lá em 1992, de forma independente, amadora e sem interesses comerciais, e naturalmente fiquei feliz de receber uma "Menção Honrosa" da Secretaria Estadual de Cultura.

06 maio 2008

CHEGANDO JUNTO NUM DIA AZUL


























Agora no outono entram as frentes frias e chegam as ressacas, limpam a atmosfera e o mar, e fica um dia bem azul. E pensar que ontem foi só frio, nuvens cinzas e chuva fina. A natureza e suas estações, cada uma com sua beleza.



CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA.

05 maio 2008

DEIXANDO COM QUEM CHEGA JUNTO e sabe levar a boa música - (clique aqui).



















Nossa! Estava ruim demais o vídeo, a obra ao lado me atrapalhou, tinha que fazer tudo correndo no intervalo das máquinas (faz de conta-rs). Vou treinar e daqui a uns anos eu chego junto e vou lá no Raul Gil. A neta adorou minha idéia de fazer um curso fora de casa.
Mas não vou desistir como o Sergio Ricardo, o violão está caro, e todos levavam vaias naqueles antigos festivais, impossível agradar todo mundo (veja abaixo):

Vai acabar no Raul Gil

Bom mesmo é a expressão emocionada da platéia e quando o artista pede: "Olha pra lá."
Muito bom!

04 maio 2008

UM RIO RUBRO-NEGRO


VÍDEO NO MAC

video

E no MAC estávamos eu e um turista japones querendo dar uma filmada panorâmica. Tentamos o inglês, não deu certo, então fomos na mímica, e um fez o vídeo do outro, bastou um "STOP".

HOJE NO MAC


Fechar os olhos na hora da foto... (argh!)

03 maio 2008

CLARICE - Bem pouco do muito que existe... (clique aqui)

Impossível saber muito dos seus segredos, se nem ela os sabia todos. Mas dos seus textos se percebe ter sido simplesmente humana e intensa, mesmo na solidão.

"Estou sentindo o martírio de uma importuna sensualidade. De madrugada acordo cheia de frutos. Quem irá colher os frutos da minha vida?"

"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... Ou toca, ou não toca."

"Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor. Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo. Não mata."

Clarice Lispector

001 E ninguém é eu, e ninguém é você. Esta é a solidão.
002 Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho.
003 Eu escrevo simples. Eu não enfeito.
004 Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo.
005 Escrevo para me manter viva.
006 Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.
007 Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros. 008 Ouve-me, ouve o meu silêncio. O que falo nunca é o que falo e sim outra coisa. Capta essa outra coisa de que na verdade falo porque eu mesma não posso.
009 Eu sou uma pergunta.

Charge do AROEIRA - O DIA - 03/05/08