30 janeiro 2010

Borboletas



"Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses"

Alegria, Alegria




Caminhando contra o vento
Sem lenço e sem documento
No sol de quase dezembro
Eu vou...

O sol se reparte em crimes
Espaçonaves, guerrilhas
Em cardinales bonitas
Eu vou...

Em caras de presidentes
Em grandes beijos de amor
Em dentes, pernas, bandeiras
Bomba e Brigitte Bardot...
O sol nas bancas de revista
Me enche de alegria e preguiça
Quem lê tanta notícia
Eu vou...
Por entre fotos e nomes
Os olhos cheios de cores
O peito cheio de amores vãos
Eu vou...
Por que não, por que não...

Ela pensa em casamento
E eu nunca mais fui à escola
Sem lenço e sem documento,
Eu vou...

Eu tomo uma coca-cola
Ela pensa em casamento
E uma canção me consola
Eu vou...

Por entre fotos e nomes
Sem livros e sem fuzilS
em fome, sem telefone
No coração do Brasil...

Ela nem sabe até pensei
Em cantar na televisão
O sol é tão bonito
Eu vou...

Sem lenço, sem documento
Nada no bolso ou nas mãos
Eu quero seguir vivendo, amor
Eu vou...

Por que não, por que não...
Por que não, por que não...
Por que não, por que não...
Por que não,por que não...



Alegria, Alegria" é uma canção da autoria de Caetano Veloso que foi um dos marcos iniciais do movimento tropicalista em 1967.
Caetano Veloso, em parte inspirado pelo sucesso de A Banda, de Chico Buarque, que havia concorrido no Festival de música da Record do ano anterior, quis compor uma marcha assim como a canção de Chico. Ao mesmo tempo, queria que fosse uma música contemporânea, pop, lidando com elementos da cultura de massa da época.
A letra possui uma estrutura cinematográfica, conforme definiu Décio Pignatari, trata-se de uma "letra-câmera-na-mão", citando o mote do Cinema Novo. Caetano ainda incluíu uma pequena citação do livro As Palavras, de Jean-Paul Sartre: "nada nos bolsos e nada nas mãos", que acabou virando "nada no bolso ou nas mãos".
Como a idéia do arranjo incluía guitarras elétricas, Caetano e seu empresário na época, Guilherme Araújo convidaram o grupo argentino radicado em São Paulo Beat Boys. O arranjo foi fortemente influenciado pelo trabalho dos Beatles.


Fonte:Wikipedia

29 janeiro 2010

AVISO

Recebi e-mails com vírus e certamente foram repassados para pessoas da minha lista - NÃO ABRAM E-MAILS meus. O computador foi para o conserto, estou acessando de outra máquina. Até que esteja tudo OK estarei menos presente, mas continuo chegando junto. Abraço

O VELHO



Chico Buarque
1968

O velho sem conselhos
De joelhos
De partida
Carrega com certeza
Todo o peso
Da sua vida
Então eu lhe pergunto pelo amor
A vida inteira, diz que se guardou
Do carnaval, da brincadeira
Que ele não brincou
Me diga agora
O que é que eu digo ao povo
O que é que tem de novo
Pra deixar
Nada
Só a caminhada
Longa, pra nenhum lugar

O velho de partida
Deixa a vida
Sem saudades
Sem dívidas, sem saldo
Sem rival
Ou amizade
Então eu lhe pergunto pelo amor
Ele me diz que sempre se escondeu
Não se comprometeu
Nem nunca se entregou
E diga agora
O que é que eu digo ao povo
O que é que tem de novo
Pra deixar
Nada
E eu vejo a triste estrada
Onde um dia eu vou parar

O velho vai-se agora
Vai-se embora
Sem bagagem
Não se sabe pra que veio
Foi passeio
Foi Passagem
Então eu lhe pergunto pelo amor
Ele me é franco
Mostra um verso manco
De um caderno em branco
Que já se fechou
Me diga agora
O que é que eu digo ao povo
O que é que tem de novo
Pra deixar
Não
Foi tudo escrito em vão
E eu lhe peço perdão
Mas não vou lastimar

28 janeiro 2010

NÃO ABRAM E-MAILS MEUS

Recebi um monte de e-mails, que certamente também foram enviados para pessoas da minha lista... NÃO ABRAM (VÍRUS)

Gostar de alguém...



Gostar de alguém é função do coração, mas esquecer, não. É tarefa da nossa cabecinha, que aliás é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação. Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto (...).

Imagem net

Chegando junto com trabalhos em joalheria e ornamentos em metal



Quero apresentar o trabalho de um dos amigos que sempre Chegou Junto em todos os blogs que participamos coletivamente: Claudio Malagrino.

Convido aos amigos e visitantes do Chega Junto a conhecer o site "Malagrino Design Joalheria e Ornamentos em Metal". http://malagrino-design.blogspot.com/
Em seu trabalho, Claudio, não pretende trabalhar apenas com joalheria, mas também pretende produzir objetos decorativos em metal.



27 janeiro 2010

A Criança Que Ri na Rua

A CRIANÇA que ri na rua,
A música que vem no acaso,
A tela absurda, a estátua nua,
A bondade que não tem prazo

- Tudo isso excede este rigor
Que o raciocínio dá a tudo,
E tem qualquer cousa de amor,
Ainda que o amor seja mudo.
Fernando Pessoa

25 janeiro 2010

PARABÉNS SÃO PAULO


Parabéns SÃO PAULO pelo seus 456 anos. Durante 5 anos cheguei junto com essa IMENSA cidade. Morei e trabalhei no centro nos primeiros 2 anos de SAMPA, ainda solteiro; nos outros 3 anos, já casado, trabalhei na Av. Paulista, morei nos JARDINS e na Vila Mariana. Trabalhei no Banco Central, minha mulher deu aula no Colégio Madre Alix, onde meu filho também estudou. Vivi seu dia-a-dia, conheci o interior do Estado e o litoral. Conheço São Paulo tão bem como o Rio. Fomos sempre bem acolhidos, fizemos ótimas amizades e vivemos momentos felizes. Obrigado São Paulo.

Ao longe, ao luar



Ao longe, ao luar,
No rio uma vela,
Serena a passar,
Que é que me revela ?
Não sei, mas meu ser
Tornou-se-me estranho,
E eu sonho sem ver
Os sonhos que tenho.


Que angústia me enlaça ?
Que amor não se explica ?
É a vela que passa
Na noite que fica.

Fernando Pessoa

24 janeiro 2010

Pássaros


"Deus mora na saudade, até onde o amor e a ausência se assentam."
...
"O ódio não suporta a idéia de ver o outro voando livre, para longe...
O ódio segura, para que o outro não seja feliz.
O ódio gruda mais que amor.
Porque o amor deixa o outro voar..."
"Somos donos de nossos atos,
Mas não somos donos de nossos sentimentos;
Somos culpados pelo que fazemos,
Mas não somos culpados pelo que sentimos;
Podemos prometer atos,
Não podemos prometer sentimentos...
Atos são pássaros engaiolados,
Sentimentos são pássaros em vôo".

Rubem Alves
Imagem(google)

22 janeiro 2010

O SILÊNCIO


Convivência entre o poeta e o leitor, só no silêncio da leitura a sós. A sós, os dois. Isto é, livro e leitor. Este não quer saber de terceiros, n ão quer que interpretem, que cantem, que dancem um poema. O verdadeiro amador de poemas ama em silêncio...
Mario Quintana - A vaca e o hipogrifo

21 janeiro 2010

CLICANDO JUNTO...


Foto ney.
Click aqui, click acolá... chegamos juntos, digo, clicamos juntos. Ah, e o click do flash e das luzes da cidade. O pescador pescando, a onda quebrando; o dia terminando, a noite chegando.

CINEMA

Brasil está fora da competição do Oscar de filme estrangeiro
Mais uma vez o Brasil está fora da corrida pelo Oscar. A Academia divulgou nesta semana uma lista com nove longas-metragens pré-selecionados para prosseguir na disputa por uma das cinco indicações ao prêmio de filme estrangeiro. "Salve Geral", de Sergio Rezende, que havia sido escolhido para representar o Brasil na 82ª edição do Oscar, não está entre estes nove selecionados. Continuam na disputa por uma vaga no Oscar 2010 as seguintes produções: "O Segredo dos Seus Olhos" (Argentina), "Samson and Delilah" (Austrália), "Svetat e golyam i spasenie debne otvsyakade" (Bulgária), "O Profeta" (França), "A Fita Branca" (Alemanha), "Ajami" (Israel), "Kelin" (Cazaquistão), "Oorlogswinter" (Holanda) e "A Teta Assustada" (Peru). Informação de CBN EXPRESS cinema.

Mas não poderia ser mesmo diferente disso, há quanto tempo o cinema brasileiro não vem chegando junto. Segue os passos da TV, cada vez pior e mais violenta. Tá feia a coisa. (ney).

20 janeiro 2010

CINEMA PARADISO (clique aqui)



1989: Cinema Paradiso, de Giuseppe Tornatore, presta, na sequência final, uma homenagem ao beijo no cinema. O projetista Alfredo deixa de herança para seu amigo e auxiliar Totó, um rolo de filme onde estão montadas todas as cenas de beijo (e algumas de nus) que haviam sido cortadas pelo padre de localidade.
Realmente é imposssível não se emocionar. Neste filme lembramos os cinemas que frequentamos, os namoros, os amores, os beijos, os sonhos. Não me perguntem quantas vezes vi esse filme, perdi a conta (rs). E na nova versão, em algumas locadoras, o filme está completo, como produzido originalmente, com o reencontro de um grande amor que não se concretizou (Totó e sua namorada). Aqui estão os beijos que foram roubados de cena (clique no TÍTULO acima). O VERDADEIRO CHEGAR JUNTO. (ney).

19 janeiro 2010

... E CHEGANDO JUNTO CLICANDO.



foto ney - clique para ampliá-la.

um pescador remando
o mar rimando
alguém admirando

Alonso Alvarez

FRASE

A história é pródiga em exemplos: todo líder que queima bruxas acaba ardendo na fogueira que acendeu.
Luis Eduardo Soares

18 janeiro 2010

VERGONHA (clique aqui)

GOSTO QUANDO ME FALAS DE TI... (clique aqui)


Aos olhos de hoje pode parecer um amor possessivo, mas conhecendo o autor, sabemos que fala do amor romântico, intenso, de época. E o autor foi capaz de escrever de todos os sonhos e realidades, que alcançam os dias de hoje, e de sempre. ney.

17 janeiro 2010

Cuidar do barco e da saúde, buscar horizontes - Navegar é preciso. (clique aqui)


Foto ney - clique para ampliá-la.
"Navegar é preciso; viver não é preciso".
Quero para mim o espírito desta frase, transformada a forma para a casar como eu sou: Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso. Só quero torná-la grande, ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a (minha alma) a lenha desse fogo.
Só quero torná-la de toda a humanidade; ainda que para isso tenha de a perder como minha.
Cada vez mais assim penso. Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir para a evolução da humanidade. É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça. Fernando Pessoa

1,2,3 e JÁ...








Clique para ampliá-las (foto ney)
A orla é um show a céu aberto - Entrada franca. Click!

15 janeiro 2010

SEM LUZ E SEM ÁGUA...

Ficamos sem luz e sem água nesta sexta-feira. Essas concessionárias de energia são mesmo umas PRIVADAS. Sempre achei que serviços de utilidade pública não combinam com iniciativa privada (não chegam junto). Mas pensando no HAITI nem se pode reclamar. ney/

Curiosidades: FORMIGA TEM CAPACIDADE DE “DAR AULA” PARA COMPANHEIRA

Um cérebro grande não é necessário para dar aulas. Antes que professores fiquem indignados e inundem a Folha com cartas raivosas, segue o motivo: a afirmação se refere a formigas, e foi feita por dois pesquisadores que analisaram um fenômeno único na natureza --um inseto ensinando outro.
"Nossa identificação de comportamento de ensino em uma formiga mostra que um cérebro grande não é um pré-requisito para isso", escrevem Nigel Franks e Tom Richardson, da Universidade de Bristol, Reino Unido, na edição da revista científica "Nature".

Claro, o cérebro continua importante. "Talvez animais com cérebro grande possam muitas vezes aprender de modo independente",disse Franks à Folha .

Os dois afirmam que o exemplo que encontraram de relacionamento professor-aluno é inédito no reino animal, descontando-se o ser humano. "Um indivíduo é um professor se ele modifica seu comportamento na presença de um observador, com algum custo inicial para ele próprio, para poder dar um exemplo, de modo que o outro indivíduo aprenda mais rápido", definem eles.

Eles estudaram o modo como uma formiga "professora" ensinava à "aluna" o caminho até uma fonte de comida. O caminho era demorado, e envolvia uma relação entre as duas --a "aluna" tocava a "professora" nas pernas ou abdômen com sua antena, e ela modificava seu comportamento em seguida.
Dar aula custa caro para a formiga professora. Ela poderia chegar quatro vezes mais rápido à fonte de comida se não tivesse de ensinar o caminho.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u14148.shtml

RICARDO BONALUME NETO da Folha de S.Paulo

13 janeiro 2010

SEGUIDORES

Cadê a lista de SEGUIDORES? Que estranho! Acho que foi algum problema no BLOGGER, e deve voltar sozinho. Sumiram os do meu blog também.

CASA DO TÉDIO - Onde ninguém chega junto. (CLIQUE AQUI)

ARGH! Voltou essa CASA DO TÉDIO, onde ninguém CHEGA JUNTO, pelo contrário, querem derrubar uns aos outros para ganhar 1 milhão. E pior que o apresentador chama de "HERÓIS" aqueles que vivem do bem bom, não fazem nada, a ponto de ficarem entediados. Clique no TÍTULO acima e veja o vídeo.
http://rickjardim.blogspot.com/2008/04/heris-sr-pedro-bial.html
http://www.telehistoria.com.br/thnews/colunas_integra.asp?id=1315

12 janeiro 2010

RECORDO AINDA



Recordo ainda... e nada mais me importa...
Aqueles dias de uma luz tão mansa
Que me deixavam, sempre, de lembrança,
Algum brinquedo novo à minha porta...

Mas veio um vento de Desesperança
Soprando cinzas pela noite morta!
E eu pendurei na galharia torta
Todos os meus brinquedos de criança...


Estrada afora após segui... Mas, aí,
Embora idade e senso eu aparente
Não vos iludais o velho que aqui vai:

Eu quero os meus brinquedos novamente!
Sou um pobre menino... acreditai!...
Que envelheceu, um dia, de repente!...


Mario Quintana
Imagem(google imagens)

10 janeiro 2010

CHEGANDO JUNTO.



Quem não gosta de apreciar uma bela vista? Quem resiste a uma pizza? Eu não poderia deixar de chegar junto. Além do mais, tudo não termina mesmo em pizza? (rs).
E o LA MOLE existe desde 1958, a primeira casa lá no Leblon, e era um point na minha época. O serviço (couvert) mais famoso da cidade. E o outro dia mesmo eu falava aqui desse ano de 1958, "O ANO QUE NÃO DEVIA TERMINAR", conforme o livro de Joaquim Ferreira dos Santos - http://www.editoras.com/record/05185.htm
Bons tempos! E vale sempre recordar, reviver, e viver o novo ano. tin-tin! Saúde!

09 janeiro 2010

CHEGANDO JUNTO NUM SÁBADO DE SOL







Fotos ney - clique para ampliá-las.
No verão o dia é quente, o sol parece um maçarico, mas a alegria é grande, muita gente nas ruas, praias, montanhas, parques, bebendo uma água de coco, tomando um sorvete.
Sábado, 09/01/2010.

FRASE

"Todo mundo é maluco. Depende de onde você cutuca."
Millôr Fernandes

FUI ! (clique aqui)


Foto ney - clique para ampliá-la.

NO AEROPORTO DE LISBOA (clique aqui)

Chegando junto com alegria. Muito bom cair na folia.

08 janeiro 2010

VERÃO... VOLTO AMANHÃ COM O COCO GELADO


Foto ney (clique para ampliá-la).

VOCÊ SABIA ? (clique aqui)

Vale a pena conferir. Demora só um pouquinho para abrir o vídeo, mas depois vai direto. Recebi da Rosângela e estou repassando.

07 janeiro 2010

Quintana, sempre Quintana...

BILHETE

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!Se me queres,
enfim,tem de ser bem devagarinho,
Amada,que a vida é breve,
e o amor mais breve ainda...
Mário Quintana

Nosso calopsita dando show (clique)


Nosso calopsita Larry dando seu show (o segundo da foto). Agora tem a fêmea (Lilly), mas ainda é novinha. Os dois voam e cantam pela casa.
Meu primeiro vídeo no youtube - clique no TITULO acima.

06 janeiro 2010

05 janeiro 2010

ANOS 60, 70, 80, 90 (clique aqui)

NEY NITERÓI - O Repórter (clique aqui)

Dos estúdios de Roliud em Niterói City - Produção do amigo, Claudio Malagrino (http://grey-noise.blogspot.com/ )- o repórter ney niterói, em seu TEMPRA 16V - 2.0 - mostra a serra de Petrópolis, o Hotel Quitandinha. Clique no TÍTULO e veja o vídeo no youtube, uma colaboração do produtor, Claudio Malagrino. Prometo que no próximo vou colocar legenda, essa dicção é um horror.

Fotos ney do seu TEMPRA, tiradas do DOWNTOWN e na Praia da Barra (Rio) em
http://www.tempra.ws.nom.br/seu_carro_tempra99.html

UM CHOPP SEM SAIR DO PEDAÇO (clique aqui)

Quer saber onde tem um chopp ai no seu pedaço? É só colocar seu endereço no link acima (clique no TÍTULO), mas só tem da Brahma (por enquanto). Com direito a taxi.

SÓ NÃO DÁ PARA VOAR (clique aqui)

Chuvas e inundações já não atrapalham o seu passeio de automóvel...

04 janeiro 2010

LIBERDADE



Ai que prazer
não cumprir um dever.
Ter um livro para ler
e não o fazer!
Ler é maçada,
estudar é nada.
O sol doira sem literatura.
O rio corre bem ou mal,
sem edição original.
E a brisa, essa, de tão naturalmente matinal
como tem tempo, não tem pressa...

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.

Quanto melhor é quando há bruma.
Esperar por D. Sebastião,
Quer venha ou não!

Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,
Flores, música, o luar, e o sol que peca
Só quando, em vez de criar, seca.

E mais do que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças,
Nem consta que tivesse biblioteca...

Fernando Pessoa

03 janeiro 2010

Iniciando 2010 com Fernando Pessoa

O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.
Fernando Pessoa

TÚNEL DO TEMPO (clique aqui)


Só um pouquinho, 3,43 minutos, recordar é viver. Clique no TÍTULO acima.

UM 2010 DOURADO (clique aqui)

Recebi por e-mail de Rosângela Monnerat e estou repassando. GOSTEI!

02 janeiro 2010

O LADO BOM...




Mas estava um sábado azul, e fez um lindo final de tarde, se cuidarmos da natureza e evitarmos tanto lixo (post anterior), será melhor para todos.

02/01/2010


O mar entende que foi uma alegria contagiante, um ano novo de festas, mas por falta de espaço (já está no seu limite), ele devolveu as prendas, donativos, toda essa diversidade de materiais.
E olha que ontem já estava tudo limpo, a prefeitura fez a parte dela, mas hoje veio mais, talvez amanhã, depois...
Vai uma PET ai? ... tin-tin - FELIZ ANO NOVO!
Ah! PET é apelido, o nome inteiro é Politereftalado de etileno. Mas você pode escolher outros produtos, ai tem uma grande diversidade. Quem sabe acha algo de valor ai no meio (?).
Bem, mas estava um belo sábado azul, valeu o passeio na orla, e se cuidarmos vai ficar mais bonito ainda.

01 janeiro 2010

NÃO CHEGOU JUNTO... (clique aqui e ouça a música)


Foto e photoshop (ney). Sempre gostei desta música do Zé Ramalho (CHÃO DE GIZ), aqui cantando junto com a Elba Ramalho. Imaginava um amor impossível, e ficava tentando entender a letra. Encontrei no google algumas explicações, mas essa que segue parece a correta... clique no endereço... http://umserassim.blogspot.com/2008/10/cho-de-giz.html
Para ouvir a música clique no TÍTULO acima.

1º de janeiro de 2010


E a chuva da manhã de ontem deu uma trégua, e não choveu na festa da virada do ano, e hoje já estava um dia azul. Feliz 2010!

SOBROU PARA O GARI


E o que não foi comido, bebido, sobrou para o gari varrer no primeiro dia do ano. Todos deveriam chegar juntos e manter a praia limpa.

Para iniciar o novo ano...


Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.

Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.

Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.

E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil,

Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga “Isso é meu”,
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.
Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar.

Victor Hugo – França – *1802 +1885