30 junho 2008

CHEGANDO JUNTO NOS BONS TEMPOS DOS BEE GEES (clique aqui)

Ainda mais nessa voz jovem e doce (Inara George), que dá um toque feminino àquelas vozes que marcaram época e permanecerão inesquecíveis. The Bird and the Bee é o encontro despretensioso de uma voz agradável e um multi-instrumentista talentoso. Mais do que discreta, essa dupla que atraiu pouca atenção dentro do seu próprio país acaba de ter o seu disco de estréia – chamado apenas The Bird and the Bee – editado no Brasil em edição especial.
Formado em meados de 2006, o projeto partiu de um gosto em comum pelo jazz compartilhado por Greg Kurstin (ele, a abelha) e Inara George (ela, o pássaro). No currículo, Inara trazia um disco solo enquanto Kurstin, que também trabalha como produtor, tinha seu nome nos créditos de álbuns de Lily Allen, Kylie Minogue, Beck e Flaming Lips. E o que resultou desta parceria é um indie pop eletrônico melódico cheio de detalhes e gentil aos ouvidos.

http://www.youtube.com/watch?v=2A7nTvZcCEk&feature=related

A mesma música com os Bee gees...
http://www.youtube.com/watch?v=GpRFeJEG6_o

Letra da música - tradução:

Quando você levanta na manhã de sol Eu sinto que você toca a minha mão na chuva forte E no momento Que você se afasta de mim Eu quero sentir você nos meus braços novamente E você vem para mim numa brisa de verão Me aquecendo com seu amor Então suavemente me deixa Chorus:E é a mim que você precisa mostrar Como é profundo o seu amor?Como é profundo o seu amor ?Eu realmente preciso saber Porque nos estamos vivendo num mundo de tolos Que vivem nos magoando Quando eles todos deveriam nos deixar em paz Pois pertencemos um ao outro E eu acredito em você Você sabe que você é a porta de minha alma Você é a luz da estrela mais distante e mais negra Você é aquela que me salva nas minhas quedasVocê pode até pensar que não tomo conta de você E você sabe bem lá no fundo que eu me importo E é a mim que você precisa mostrar Como é profundo o seu amor?Como é profundo o seu amor?Eu realmente preciso saber Porque nos estamos vivendo num mundo de tolos Que vivem nos magoando Quando eles todos deveriam nos deixar em paz Pois pertencemos um ao outro

OSSANHA, ECO E NARCISO, estátuas que estão no Jardim Botânico e nos falam de Orixás, crenças, mitologia, espiritualidade e vida.


















Clique sobre a imagem para ampliá-la. (foto ney).
NÃO DEIXE DE LER O TEXTO DO ÚLTIMO ENDEREÇO ABAIXO.
Os Orixás são divindades dos cultos religiosos africanos que representam as forças da natureza. Ossanha é o Deus das folhas. Como só ele conhece o segredo das mesmas, cada vez que um Orixá precisa usá-las eles precisam também recorrer a Ossanha. Localizada no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, a estátua de Ossanha (Escultor Tati Moreno), não poderia ter encontrado um lugar melhor para estar. Veja em:

Dizem ainda: Os filhos de Ossanha são calmos, ingênuos e pacíficos. Defendem a ecologia.Os filhos de Ossãe são, de um modo geral, pessoas equilibradas, controladas tanto em suas emoções como em seus sentimentos. Agem de maneira racional, não deixando que a amizade, a inimizade ou opiniões próprias suas interfiram em suas decisões para com os outros, e sim do que de fato é direito de ser. Possuem grande capacidade e eficiência.

Mas, no caso de Eco e Narciso, parece que suas estátuas ficaram distantes, não se concretizando a difícil paixão da ninfa ECO por NARCISO, porque este também só queria saber de ficar se olhando no espelho. Veja em:

Mas, talvez Narciso não merecesse mesmo o amor de ECO, como se percebe nesse relato mitológico:

E nessa história de ECO e NARCISO entramos num mundo fantástico que fala da poesia e da espiritualidade, que se pode ver no endereço que segue:

29 junho 2008

QUANDO AS GUITARRAS CHEGAM JUNTO (clique aqui)

Show das guitarras no início e no final da parte cantada...

http://www.youtube.com/watch?v=_3Ofabi_17k&feature=related

DOMINGO NO PARQUE


Clique sobre a imagem para ampliá-la. Fotos tiradas hoje.
Meu DOMINGO NO PARQUE certamente terminaria no Jardim Botânico, cercado de algumas ruas e casas antigas, preservadas em meio a belas mansões na encosta da montanha de exuberante mata atlântica, a caminho do Horto, Mesa do Imperador, Vista Chinesa, Corcovado, e bons restaurantes como o Couve Flor. Um belo dia azul de temperatura amena.

CHEGANDO JUNTO NUM CLÁSSICO (clique aqui)

http://www.youtube.com/watch?v=DBeUxXSNiFc&eurl=http://www.almacarioca.com.br/arte234.htm

ESSES DOIS CHEGARAM JUNTOS MESMO (clique aqui)

Ah, Heli, animação mesmo eram esses dois chegando junto de forma inesquecível...

http://www.youtube.com/watch?v=X8ilX9LhPWg

28 junho 2008


"Mestre não é quem ensina,mas quem de repente aprende."



Lembrando o Centenário de Guimarães Rosa

Animação total!!!

O amigo Ney está animado:Parabéns!

Mas pode continuar também com seus filmes e fotos que são muito legais!

ELEGÂNCIA E EDUCAÇÃO NO FUTEBOL (clique aqui)

Um jogador sofre falta e o outro time pára em campo para que o jogador seja atendido. Mas ao devolver a bola retribuindo o favor, o jogador, sem querer, faz um golaço, que o juiz validou, claro!
Ao reiniciar o jogo, o outro time pára em campo e permite ao time adversário fazer o gol e ficar tudo igual.
http://www.youtube.com/watch?v=mrW3hA0S_XE

CHEGANDO JUNTO NUM STRIP PELE (clique aqui)

Nossa! É strip pele mesmo, mais que strip tease...

http://www.youtube.com/watch?v=rkz6Fne4nYU&feature=related

CHEGANDO JUNTO COM UM BOM ELOGIO (?)

"O ELOGIO"

O marido, nu, olha-se no espelho e diz para a esposa:

- Estou tão feio, gordo, careca, barrigudo... brocha, ...e acabado! Preciso de um elogio...já!!

E a esposa responde:

- Sua visão está ótima, querido!!!

CONFLITOS DE GERAÇÕES

AOS PAIS.

Falando sobre conflitos de gerações, o médico inglês Ronald Gibson começou uma conferência citando quatro frases:
1) "Nossa juventude adora o luxo, é mal-educada, caçoa da autoridade e não tem o menor respeito pelos mais velhos. Nossos filhos hoje são verdadeiros tiranos. Eles não se levantam quando uma pessoa idosa entra, respondem a seus pais e são simplesmente maus."
2) "Não tenho mais nenhuma esperança no futuro do nosso país se a juventude de hoje tomar o poder amanhã, porque essa juventude é insuportável, desenfreada, simplesmente horrível."
3) "Nosso mundo atingiu seu ponto crítico. Os filhos não ouvem mais seus pais. O fim do mundo não pode estar muito longe."
4) "Essa juventude está estragada até o fundo do coração. Os jovens são malfeitores e preguiçosos. Eles jamais serão como a juventude deantigamente. A juventude de hoje não será capaz de manter a nossa cultura."
Após ter lido as quatro citações, ficou muito satisfeito com a aprovação que os espectadores davam às frases. Então, revelou a origem delas:
A primeira é de Sócrates (470-399 a.C.).
A segunda é de Hesíodo (720 a.C.).
A terceira é de um sacerdote do ano 2000 a.C.
E a quarta estava escrita em um vaso de argila descoberto nas ruínas da Babilônia (atual Bagdá) e tem mais de 4000 anos de existência.

27 junho 2008

TENTANDO CHEGAR JUNTO COM BLOGS...

Eu não sei se o CHEGA JUNTO pode chegar junto e se considerar um BLOG... eu nem sei se blog precisa ter um jeito de ser, normas, formas, conteúdos específicos.
O nosso começou no antigo buteco, que decorreu de trocas de mensagens entre eu e o Claudio, por e-mail e depois no ICQ, logo chegou a HELI e alguns amigos do Claudio, depois o Jards.
Os assuntos giravam mais em torno de política, mas se falava de tudo, o noticiário do dia, da semana, cinema, esporte e tudo mais.
O tema político nos decepcionou, e passamos a focar outros assuntos, o blog quase fechou as portas, foi saindo um, outro, e ficamos eu, a Heli e o Jards. E como tenho mais tempo, na condição de aposentado, sempre estive mais presente, e ficou parecendo mesmo um site pessoal.
Então fui fazendo dele uma miscelânea de assuntos, como se fosse mesmo um papo de esquina, ou comigo mesmo (rs), e colocando fotos, agora vídeos, aproveitando esse belo espaço que nos proporciona o BLOGGER - VIVA O BLOGGER! É... porque nem saberia fazer um blog, e eles fazem tudo, então fica mais fácil.

Não acho um blog simplesmente uma mania de internet, sobre a qual pairam ainda muitos preconceitos. Não entendo assim, acho mesmo uma forma de interagir, que pode resultar em enriquecimento e aprendizagem. Um estímulo a troca de idéias, prática de leitura, produção de textos, reflexão, senso crítico, espírito de equipe, e que chegou num momento que a boa conversa de esquina se tornou mais difícil pela insegurança das ruas. E nem sempre um pode conversar com o outro naquele exato momento, e assim as conversas acontecem no momento oportuno de cada um... e se for possível uma conversa em tempo real tem o MSN e muitos outros, inclusive com imagem e som. E se puder ser real, olhos nos olhos, melhor ainda.
E hoje tudo é uma correria, uma falta de tempo e segurança nas ruas, e a internet veio ocupar esse espaço vazio.
Ora, isso é mesmo uma realidade há muito tempo. E, aqui, o espaço é DEMOCRÁTICO, podemos encontrar a informação que desejar de todas as formas, e não manipuladas e tendenciosas.
Os sites de busca, como o Google, nos permitem encontrar todas as informações que existem no mundo, e agora o YOUTUBE nos tráz um universo ilimitado de imagens, de todos os assuntos possíveis e imaginários. Aqui nada vem pacote pronto, nós escolhemos o que queremos ler, ouvir, ver.

Mas ainda no contexto dos blogs, temos aqui algumas opiniões:

LEMOS, A. A ARTE DA VIDA: DIÁRIOS PESSOAIS E WEBCAMS NA INTERNET . In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 25., 2002, Salvador. Anais... São Paulo: Intercom, 2002. CD-ROM
Resumo:
O fenômeno das webcams e dos diários pessoais na Internet pode ser explicado pela conjunção do trinômio "tecnologia-design-estética". Trata-se de formas de expressão individuais, construídas através de tecnologias de design de hipertextos (sites) e de emissão de imagens (câmeras). Com as webcams e os diários pessoais explicita-se o espetáculo da tecnologia como forma de estética social, de proxemia, de contato. O ciberespaço é, aqui, utilizado como um hipertexto social (Erickson, 1996), como uma forma de aisthanesthai, possibilitando a construção identitária e coletiva, revelando mais uma particularidade da cibersocialidade.

E diz aqui um outro texto da VEJA JOVEM:
Não é preciso ser um expert em internet para abrir uma página pessoal e transformá-la em uma espécie de diário da nova era. Qualquer pessoa pode acessar os sites que oferecem esse serviço gratuitamente e virar um blogueiro. A nova mania vem crescendo tanto que fazer desabafos e escrever sobre os mínimos detalhes do dia-a-dia deu origem a um novo verbo: blogar
Três novidades sobre os famosos diários. Primeira: não é mais uma mania adolescente. Segunda: escrever em um caderninho trancado à chave é coisa de um passado remoto. Terceira: não é mais secreto. A moda agora é escancarar seus pensamentos, idéias, medos e segredos na internet. E os diários on-line que estão invadindo a rede têm um nome: Blogs!
O fenômeno começou em 1998 nos Estados Unidos. Em setembro do ano seguinte dois amigos criaram o Blogger (http://www.blogger.com/), hoje o mais conhecido site de hospedagem de blogs. Em pouco mais de um ano mais de 75.000 páginas já estavam "penduradas" no site.
Apesar de ser possível restringir os visitantes de um blog - dando senhas para os "convidados" - , quem monta um diário virtual quer mesmo é ser visto, ou melhor, lido. Muitos acreditam que é mesmo o fim da privacidade na internet. Mas vale lembrar que o conteúdo de um blog é definido por quem faz e muitos deles têm um enfoque menos pessoal, tratando sobre assuntos como música e cinema.
Outro ponto comum entre os "blogueiros" é que eles sempre indicam outros diários em seus sites. Com essa constante troca de informações e links, eles formaram uma verdadeira comunidade virtual. Aliás, a própria linguagem usada é semelhante: descompromissada e espontânea.

FOTOS LINDAS

Ney!

Adorei as fotos, ainda mais que há um contraste de cores no céu daqui de Curitiba e do Rio de Janeiro.

Aqui está tudo cinzento!!!!hehehe

UM DIA TOTALMENTE AZUL











Clique sobre a imagem p/ ampliar.
E hoje eu voltei lá no Parque da Cidade, com a neta, porque estava um dia bem azul. Na rampa de vôo livre da frente se vê todo o maciço de montanhas do Rio, a Baia da Guanabara, as ilhas, as imensas montanhas das cidades serranas cobertas de nuvens brancas. A outra rampa está voltada para a região oceânica, as lagoas, o mar aberto, a 20 m. uma da outra, numa visão total. Dependendo do vento, se lança ao ar para um lado ou outro.

PÉ DE MOLEQUE

Heli,

Com certeza nessa sua receita o pé de moleque vai ficar mais doce e saboroso, por causa do leite condensado. Essa outra que está no YOUTUBE parece mais simples, como ele mesmo diz. E é mesmo uma delícia que nos lembra os bons tempos da infância e das festas juninas. Fogueira, bandeirinha, casamento na roça, quadrilha, o céu azul das noites frias, cheio de estrelas e pintadinho de balões. BONS TEMPOS! Agora as quadrilhas são outras...
http://www.youtube.com/watch?v=0Ocv-gd8AUk

Chegando junto com as festas juninas.

Vai aí uma receita especial;


Pé de moleque da Marlene

Ingredientes:

1 litro de leite;
1 lata de leite condensado;
5 x de açúcar;
1 prato de amendoim moído;


Colocar numa panela alta o leite e o açúcar, após engrossar colocar o leite condensado e o amendoim.Está no ponto quando começar a soltar do fundo da panela, deixa mais um pouquinho.

Depois é só ouvir os elogios da galera!!!!!


Obs.Esse doce é chamado de Pé de Moleque da Marlene porque a que me deu a receita morava em Santa Catarina onde morei por longos anos.

26 junho 2008

CHEGANDO JUNTO NO COPO COM GELO



















Clique sobre a imagem para ampliá-la.
neyniteroi caiu no copo de coca-cola... glub, glub.

NO PARQUE DA CIDADE - NITERÓI - A VISTA DO RIO E NITERÓI

video

Clique em PLAY > na imagem acima.

Estava muito frio no terraço do Parque da Cidade, o nevoeiro impediu uma imagem melhor da Baia da Guanabara, do Rio e de Niterói.

VÍDEO VISTAS DE NITERÓI

video

Clique em PLAY > na imagem acima.

neyniteroi disse que subiu 360 degraus até a igrejinha... ACREDITE SE QUISER!

VÍDEO PARQUE DA CIDADE - NITERÓI

video

Clique em PLAY > na imagem acima.

Que pena! Estava muito frio, ainda tinha nevoeiro, não tinha uma boa visibilidade. Ah, eu subi a pé até o cume da montanha... ACREDITE SE QUISER!

IGREJA SÃO FRANCISCO XAVIER - NITERÓI



Clique sobre a imagem para ampliá-la.

PARQUE DA CIDADE - NITERÓI



Clique sobre a imagem para ampliá-la.

Vista do Parque da Cidade - Niterói - Hoje.

24 junho 2008

SÃO JOÃO PADROEIRO DE NITERÓI

A atual Catedral de São João em Niterói tem 166 anos, estiveram presentes na inauguração D. Pedro II e a Imperatriz. Hoje é dia de muitos festejos na igreja e na cidade...

http://www.flickr.com/photos/ginasant/2603066134/

23 junho 2008

LARA FABIAN CHEGA JUNTO DE TODAS AS FORMAS (clique aqui)

E Lara Fabian sabe mesmo chegar junto em todos os idiomas, canções, palcos, interpretações, e até nos remeter aos antigos musicais como aqui nesse terraço com March Labreche (Clique no link acima ou aqui):
http://www.youtube.com/watch?v=HlOYaXc3dFQ&eurl=http://www.almacarioca.com.br/arte030.htm

E nos faz lembrar os inesquecíveis momentos do cinema, como este de Fred Astaire & Ginger Rogers num terraço dançante:
http://www.youtube.com/watch?v=2LWMKl6vHjc&eurl=http://www.almacarioca.com.br/arte007.htm

EXPLICANDO O CINEMA DE WONG KAR-WAY (clique aqui)

A EXPLICAÇÃO (link acima ou aqui): http://www.youtube.com/watch?v=576JOj7G4b0

AS CENAS AO SOM DE NET KING COLE: http://www.youtube.com/watch?v=3YnsruRrV8I

Pois é, um cinema com alma, que se expressa em cada momento, movimento, olhar, cenário, luz, ritmo, música, qualquer detalhe tem um significado, transmite uma emoção, uma sensibilidade.
E que ele soube trazer para a realidade ocidental com perfeição em UM BEIJO ROUBADO, em cartaz nos cinemas:

http://www.youtube.com/watch?v=iScGsN8szHw

22 junho 2008

ELES NEM "SE ACHAM"... MAS SÃO. (clique aqui)

http://www.youtube.com/watch?v=xwWpIrb-UiM

O Rubem Alves num outro texto diz algo parecido...

A sedução antecede a visão. Você se lembra daquele diálogo entre o Pequeno Príncipe e a raposa? A raposa queria que o Pequeno Príncipe a cativasse. Mas ele não sabia o que era cativar. Aí ela ensinou: eu me assento aqui e você se assenta lá, longe de mim. Nós nos olhamos e ficamos com uma vontade de chegar mais perto. No dia seguinte nos assentamos mais perto... E assim vai indo, até que nos assentamos juntos. Quando isso acontecer eu estarei cativada. E eu o verei então de uma forma como ninguém mais o vê.
Percebi que é preciso conhecer a filosofia de Platão para se ver bem. Platão, quando queria explicar aquilo que não podia ser explicado, inventava um mito. Um dos seus inexplicáveis era a experiência do belo. Por que achamos uma coisa bela? Aí ele inventou que antes de nascer todos nós vivemos num reino espiritual onde se encontram todas as coisas belas do universo. Quando nascemos nos esquecemos delas. Mas não de todo. Elas permanecem adormecidas, tal como na estória da Bela Adormecida, à espera do beijo que as fará acordar. A vida inteira é um esforço para nos lembrar... Vez por outra ganhamos o beijo: vemos uma coisa bela e ficamos encantados. Por vezes, apaixonados. Isso quer dizer que fomos tocados por aquela beleza esquecida que um dia nós vimos.
Fernando Pessoa pensava assim também. Aquela sua declaração de amor: “Quando te vi amei-te já muito antes, tornei a encontra-te quando te achei...” Então, a amada já estava dentro da sua alma, à espera... O encontro foi, na realidade, um re-encontro.
Essa coisa bela que nos encanta, entretanto, não é a beleza pura que existe naquele reino espiritual. É apenas o seu breve cintilar, seu reflexo nas águas do tempo. O mundo está cheio de cintilações da eternidade.
Chegando junto com Rubem Alves


"É mais fácil amar o retrato.
Eu já disse que o que se ama é a ‘cena’.
‘Cena’ é um quadro belo e comovente que existe na alma antes de qualquer experiência amorosa. A busca amorosa é a busca da pessoa que, se achada, irá completar a cena. Antes de te conhecer eu já te amava.... E então, inesperadamente, nos encontramos com rosto que já conhecíamos antes de o conhecer. E somos então possuídos pela certeza absoluta de haver encontrado o que procurávamos. A cena está completa. Estamos apaixonados”

Rubem Alves

Alguém pode me esclarecer?

O que é esse tal Partido da República?
De onde surgiu?

FRIO

Que frio danado!
Todo mundo voltou pra cama e eu vou também!!!

21 junho 2008

ENQUANTO A SOCIEDADE FELIZ NÃO CHEGA JUNTO... (clique aqui)

http://www.youtube.com/watch?v=viRdzm1sVzY

AS ESCOLAS GAIOLAS E AS ESCOLAS ASAS... (clique aqui)

Ah, Heli, e veja ai o Rubem Alves falando das escolas gaiolas e asas que você comentou no seu post...

http://www.youtube.com/watch?v=A9Fm3EA4m9c

CHEGANDO JUNTO COM A UTILIDADE PÚBLICA

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE:

'ENXUGUE BEM A CINTURA DEPOIS DO BANHO, POIS OS MOSQUITOS DA DENGUE E FEBRE AMARELA SE REPRODUZEM EM PNEUS MOLHADOS '.
Não adianta xingar, eu também recebi essa mensagem (rs).

O JUSTO E O CORRETO

O JUSTO E O CORRETO

Dois advogados cruzam-se de carro na saída de ummotel. Até aí, nada de mais, mas ocorre que cada um está com a mulherdo outro. Os dois param, os quatro ficam se olhando, e ficam alguns instantes de silêncio constrangedor entre todos. Então, em tom solene e respeitoso, um deles respira fundo e diz: - Nobre colega: uma situação assaz lamentável, mas creio eu que o correto seria que a minha mulher passe para o meu carro, e a sua mulher volte com Vossa Senhoria no seu. Ao que o outro respondeu: - Concordo plenamente,nobre colega, que isso realmente seria o correto. No entanto, não seria justo, levando-se em consideração o fato irrefutável de que vocês estão saindo e nós estamos chegando!...

20 junho 2008

Tem que chegar junto do inverno em Curitiba!

Que friooooooo!Clicar na imagem

CHEGANDO JUNTO COM O INVERNO...














BEM-VINDO O INVERNO! Que não seja frio em nossos corações.

"Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas.
Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo.

Pássaros engaiolados são pássaros sob controle.
Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser.
Pássaros engaiolados sempre têm um dono.
Deixaram de ser pássaros.
Porque a essência dos pássaros é o vôo.
Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados.
O que elas amam são pássaros em vôo.
Existem para dar aos pássaros coragem para voar.
Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros.
O vôo não pode ser ensinado.
Só pode ser encorajado.
Rubem Alves
"Ao final de nossas longas andanças, chegamos finalmente ao lugar.E o vemos então pela primeira vez.Para isso caminhamos a vida inteira:para chegarao lugar de onde partimos.E, quando chegamos, é surpresa.È como se nunca o tivéssemos visto.Agora, ao final de nossas andaças, nossos olhos são outros, olhos de velhice, de saudade."
Rubem Alves

A VOLTA DE BONDE... SAUDADES DAQUELES TEMPOS

video

Clique em PLAY > na imagem acima.

Na subida para Santa Teresa o bonde estava lotado, fui no estribo, do lado de fora, com a câmera na mão, ele passa bem rente aos muros, postes, tem que ficar de olho vivo. Na descida estava mais vazio, e sentado ficou melhor para filmar. Aqui nesse ponto ele passa pelo Arco da Lapa e dá para ver a cidade lá de cima. Os bondes deixaram saudades, e esses de Santa Teresa continuam firmes levando os moradores e turistas lá para cima, onde o Rio ainda tem muito do passado, sendo mesmo uma viagem no tempo.

19 junho 2008

Que tal um passeio no Parque Barigui?


Chegando junto com o frio aqui em Curitiba


CHEGANDO JUNTO COM OS GERENCIAMENTOS (clique aqui)

PARE AGORA! Diga para o chefe que você está seguindo o que ouviu na palestra do curso de gerenciamento (rs)...
http://www.youtube.com/watch?v=MD_mBrtwU0M

AS COTAS

O fato é que, cada dia, vemos um processo de loteamento social em nome do politicamente correto. Ei, caro colega, não sou racista, nem discordo disso, acho que cada um deve defender o seu interesse ainda que os outros o considerem o mais esdrúxulo que há. O que ora reinvindico é uma cota para mim. Ué, por que não? Há cotas para negros, cotas para portadores de necessidades especiais, cotas para índios, cotas para idosos, cotas para alunos de escolas públicas, cotas para mulheres (em partidos políticos). Os políticos já introduziram há algum tempo a cota para seus parentes que uns mal intencionados chamam de nepotismo, que pecado!Recentemente, um grupo gay da Bahia propôs uma cota para homossexuais no serviço público. Aí eu acho que complica. Se definir quem é negro é difícil, definir quem é gay então... huummm Não vai dar certo.
Do blog SACO DE FILÓ.

O BONDE DE SANTA TERESA - RIO (clique aqui)

No meu vídeo abaixo não dá para ver muito bem, mas neste aqui dá para ver melhor, e Santa Teresa lembra bem o Rio Antigo, as casas, as ruas, e sempre tem os eventos de ARTE DE PORTAS ABERTAS, os ateliês ficam abertos à visitação, o Museu Chácara do Céu, Parque das Ruinas, restaurantes badalados e uma bela vista do Rio de Janeiro.
http://www.youtube.com/watch?v=EIGw7twspbg

16 junho 2008

FAZENDO A FOTO PARECER UMA PINTURA (photoshop)




Clique sobre as imagens para ampliá-las.
Eu quis fazer, no "Photoshop", que parecesse uma pintura, mas não sei...

FALANDO DE AMOR (clique aqui)

E lendo o belo comentário do filme, RETRATOS DA VIDA (POST ANTERIOR), resolvi lembrar dessa bela canção, ali também citada entre tantas observações interessantes sobre a vida e o amor.

FALANDO DE AMOR - Tom Jobim

Se eu pudesse por um dia
Esse amor, essa alegria
Eu te juro, te daria
Se pudesse esse amor todo dia
Chega perto, vem sem medo
Chega mais meu coração
Vem ouvir esse segredo
Escondido num choro canção
Se soubesses como eu gosto
Do teu cheiro, teu jeito de flor
Não negavas um beijinho
A quem anda perdido de amor
Chora flauta, chora pinho
Choro eu o teu cantor
Chora manso, bem baixinho
Nesse choro falando de amor
Quando passas, tão bonita
Nessa rua banhada de sol
Minha alma segue aflita
E eu me esqueço até do futebol
Vem depressa, vem sem medo
Foi pra ti meu coração
Que eu guardei esse segredo
Escondido num choro canção
Lá no fundo do meu coração

A mesma música em outra gravação, diferente do link acima:
http://www.youtube.com/watch?v=wvkk-vcCJjg&feature=related

15 junho 2008

RETRATOS DA VIDA - LES UNS ET LES AUTRES - BOLERO (clique aqui e veja o trailer)

Um bom filme vale ver muitas vezes. E hoje peguei na locadora RETRATOS DA VIDA, em frances LES UNS ET LES AUTRES, e nos EUA se chamou BOLERO, porque começa e acaba ao som do BOLERO DE RAVEL, que tem tudo a ver com o filme. Um grande elenco de estrelas internacionais na bela obra do diretor Claude Lelouch. Em 1980 quando foi lançado aqui no Brasil ficou um ano nos cinemas.
Enquanto o mundo batalhava entre si durante a Segunda Guerra Mundial, quatro famílias de distintos países - EUA, França, Alemanha e Rússia - se cruzam em circunstâncias históricas e se unem através da dança e do drama, e vão os caminhos da vida passando por 4 gerações mostrando todos esses encontros e desencontros, sonhos e realidades, alegrias e tristezas.
Diz bem esse comentário do Carlos Holbein:

"Dizem que o melhor aliado do homem é a “memória”, porquanto é o único patrimônio verdadeiramente intransferível. Tudo o mais é efêmero e não redime o coração de quem quer que seja. Concordo. Plenamente!
Muitas vezes, observa-se que o destino de uma criatura sofre bruscas mudanças e subverte os caminhos do coração. Ainda que seja injusto, convenhamos, são incontáveis os casos em que a “roda da vida” manipulou os acontecimentos. Seja atropelando sentimentos, seja cerceando talentos ou mesmo modificando o rumo de algumas histórias.
Vimos isso, por exemplo, no brilhante filme de Claude Lelouch, Bolero (Les uns et les autres), em que saga de quatro gerações é dramaticamente interrompida. O título do filme, dado aqui no Brasil, bem que apontava: Retratos da vida. Sim, meus amigos, são os impiedosos fragmentos do cotidiano. E o que se percebe é que o destino continua, teimosamente, impedindo que outros tantos caminhos possam ser “revelados”.
Sabemos que o ser humano é detentor de fortes contradições e que a sua busca por uma vida melhor nem sempre logrou êxito. Mário Quintana, o nosso encantado poeta, declarou um dia: Ah! se exigirem documentos aí do “Outro Lado”, extintas as outras memórias, só poderei mostrar-lhes as folhas soltas de um álbum de imagens: aqui uma pedra lisa, ali um cavalo parado ou uma nuvem perdida, perdida... Meu Deus, que modo estranho de contar uma vida!
Pois é. Eu também tenho me perguntado: que “fotografias” levarei desta vida? Que histórias terei para contar ainda “desse lado”? Isso porque o percurso da gente é tão repleto de causos que, no fim das contas, o que nos cabe mesmo é ser bons contadores de histórias. Apenas isso!
Bem, eu não posso dizer se terei sucesso ou não, uma vez que ainda estou plantando os acontecimentos. O certo é que tenho procurado, ao menos, não deixar que as fotografias adquiram um insípido “amarelado” e se “desgarrem” do meu álbum. Se eu conseguir isso, meus amigos, já será uma vitória...
Contudo, não é lá uma tarefa muito fácil. Isto porque as nossas emoções estão presentes e, ironicamente, acabam dificultando o processo. Por sorte, Fernando Pessoa nos deixou um importante legado: ...nem sempre consigo sentir o que sei que devo sentir. / O meu pensamento só muito devagar atravessa o rio a nado / porque lhe pesa o fato que os homens o fizeram usar. / Procuro despir-me do que aprendi, / procuro esquecer-me do modo de lembrar que me ensinaram, / e raspar a tinta com que me pintaram os sentidos.
De fato, eu tenho que reconhecer que o meu olhar, ultimamente, tem se voltado muito para o “porão” da memória. Justifico: é que de lá eu venho extraindo lembranças e lições do que já vivi. Tentando, com isso, dar mais significado aos inúmeros episódios e, em última análise, sentido a vida!
Sei também que em diversas ocasiões eu agi como na canção: ...dei pra sonhar / fiz tantos desvarios / rompi com o mundo / queimei meus navios. Mas, tudo bem... Faz parte do jogo da vida. Afinal, são os esconderijos da memória. São os nossos sonhos brincando no labirinto. Daí, então, eu reafirmar: que maravilha é viver! Mesmo que o amor, por vezes, se desencontre, ainda assim ele sempre será bem acolhido. Mesmo que a mulher amada proclame sem piedade que na bagunça do teu coração / meu sangue errou de veia e se perdeu... - eu continuarei acreditando que o afeto mora ao lado.
O que sei é que se a gente pudesse incorporar um pouco mais o que as músicas dizem, ah!, como seria bom... Por certo, elas nos diriam com orgulho: Se eu pudesse por um dia / esse amor, essa alegria / eu te juro, te daria / se eu pudesse esse amor todo dia. / Chega perto, vem sem medo. / Chega mais, meu coração. / Vem ouvir esse segredo / escondido num choro-canção.
Ah, se a vida tivesse mais poesia! O mundo seguramente seria mais leve. E os ventos que correm por esse mundo, mundo, vasto mundo, cortando os caminhos da gente, soprariam em nossos ouvidos outro desafio de Drummond: Ninguém me fará calar, / gritarei sempre que se abafe um prazer, / apontarei os desanimados, / negociarei em voz baixa com os conspiradores, / transmitirei recados que não se ousa dar nem receber, / serei, no circo, o palhaço, / serei médico, faca de pão, remédio, toalha, / serei as coisas mais ordinárias e humanas, e também as excepcionais...
O que espero desta vida, minha gente, é poder celebrar o amor sem arrependimento e sem pudor. É poder pular a “fogueira das fantasias” sem medo de me queimar."

E veja o final do filme nesse belo vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=5_XdRa2oMR0

IGREJA DE SÃO FRANCISCO XAVIER - Niterói-RJ



Clique sobre a imagem p/ ampliá-la.

Hoje dei umas clicadas na Igrejinha de São Francisco Xavier, que fica aqui bem próximo, numa pequena elevação, entre frondosas árvores e onde sopra uma agradável brisa, separando as praias de São Francisco e Charitas. Edificada em terras que foram dos jesuítas, é hoje patrimônio histórico e artístico nacional.

Foi nela que casei, em 1970, e onde foi o batismo do neto, a missa de 7o. dia da minha mãe, e são realizados muitos casamentos e eventos. Então peguei de diversos ângulos, aparecendo as duas praias, a Baia da Guanabara, o Rio, e no reflexo do vidro do carro e no retrovisor, eu, minha mulher, a praia.

Gays no Exército/ Temos que chegar junto...




Gay no Exército cria confusão. Alguém duvida disso? Claro que não. O Exército é lugar de machos, homens que vão para a guerra. E o Brasil está em uma guerra. Não tenho receio de dizer que o Brasil desempenha um papel heróico nas Forças de Paz da ONU no Haiti. Ora, poderíamos mandar para lá um gay?

Claro que poderíamos. A competência de uma pessoa para trabalhar em uma missão de restauração da ordem e proteção do cidadão – como é o caso no Haiti – nada tem a ver com sua opção sexual. Por que teria?

Será que alguns imaginam que o gay, no Haiti, iria andar sem camisa, com uma metralhadora cor de rosa e com coturnos pintados com o Arco Iris, pensando estar na Parada Gay da Avenida Paulista? E será que em uma ação para dissipar uma manifestação caótica na capital do Haiti, para garantir a segurança do povo, esse militar iria sair correndo em debandada soltando gritinhos? É essa a imagem que temos do gay, por isso achamos que o Exército não pode ser um lugar a mais de trabalho para homem brasileiro gay?

Alexandre, o Grande, era gay. Ah, virou personagem, não condiz com nossa época? Quantos outros estrategistas e verdadeiros guerreiros da paz não foram gays? São todos “figuras do passado”? O gay, para nós, está relacionado ao “livre, leve e solto” e, portanto, incapaz de cumprir “trabalho sério e duro”? É isso que pensamos?
Para ver texto completo clique no linkabaixo
http://ghiraldelli.blogspot.com/2008/06/gays-no-exrcito.html

14 junho 2008

Chegando junto com Fernando Pessoa e seus sonhos.

Sonhei, confuso, e o sono foi disperso,
Mas, quando dispertei da confusão,
Vi que esta vida aqui e este universo
Não são mais claros do que os sonhos são.


Obscura luz paira onde estou converso
A esta realidade da ilusão
Se fecho os olhos, sou de novo imerso
Naquelas sombras que há na escuridão.


Escuro, escuro, tudo, em sonho ou vida,
É a mesma mistura de entre-seres
Ou na noite, ou ao dia transferida.



Nada é real, nada em seus vãos moveres
Pertence a uma forma definida,
Rastro visto de coisa só ouvida.

Fernando Pessoa, 28-9-1933.

CHEGANDO JUNTO COM O PASSAR DOS ANOS (clique aqui ou no endereço abaixo)

Ay, ay, ay, ay...
Con el pasar de los años
he aprendido en la vida
que se vive intensamente
porque si no se termina.
Con el pasar de los años
el cariño es más bueno
se aprecia lo que se tiene
y se respeta lo ajeno.
Agua dulce, agua salá
por agua viene, por agua se va
Agua dulce, agua salá
bendita la vida, te quita y te da
Agua que caes del cielo
sobre las olas del mar
yo te quiero beber dulce
y tú te pones salá,
yo te quiero beber dulce,
y tú te pones salá.
Agua dulce agua salá
agua dulce agua salá
Ay, ay, ay, ay...
Con el pasar de los años
hay que dar bien los pasos
tomar el mejor camino
aunque se te haga el más largo.
Con el pasar de los años
de las penas se aprende,
el corazón se hace duro
y el sentimiento más fuerte
Agua dulce, agua salá
por agua viene, por agua se va
Agua dulce, agua salá
bendita la vida, te quita y te da
Agua que caes del cielo
sobre las olas del mar
yo te quiero beber dulce
y tú te pones salá,
yo te quiero beber dulce,
y tú te pones salá
Agua dulce, agua salá
agua dulce, agua salá
Ay, ay, ay, ay...

http://www.youtube.com/watch?v=4Wr9fuOWPhM

13 junho 2008

CHEGANDO JUNTO COM UM TOQUE HUMANO (clique aqui)






HUMAN TOUCH - Bruce Springsteen

Toque humano

Você e eu éramos os impostores
Nós os deixamos terminar
No final, o que você não se entrega
Bem, o mundo apenas se esvaziou
Garota, não é nenhuma gentileza encarar desconhecidos
Não está indo encontrar nenhum milagre aqui
Então você pode acompanhar a sua benção minha querida
Eu tenho uma proposta para você agora
Eu não estou procurando o elogio ou a piedade
Eu não estou mudando de opinião a procura por umaMuleta
Eu quero apenas alguém para falar
E um pouco desse toque humano
Somente um pouco desse toque humano

Não é nenhuma compaixão nas ruas desta cidade
Nao é nenhum pão dos céus celestiais
Não é ninguém extraindo o vinho deste sangue
É somente eu e você esta noite
Me diga, em um mundo sem piedade
Você acha o que estou lhe perguntando é muito?
Eu quero apenas algo para agarrar
E um pouco desse toque humano
Somente um pouco desse toque humano

Oh garota, esse sentimento de segurança que vocêValoriza
Então vem em um preço muito caro
Você não pode deixar o risco e a dor
Sem perder o amor que resta
Nós somos todos os passageiros neste trem
Assim você ficou de coração partido e foi ferido
Me mostre alguém que não é
É, eu sei que eu não sou ninguém para negociar

Mas, maldito, um pouco de estimulo e retoque...
Você pode necessitar algo para agarrar
Quando todas as respostas, elas não significam muito
Alguém a que você poderia apenas falar
E um pouco deste toque humanoGarota, em um mundo sem piedade
Você acha o que estou lhe perguntando é muito?
Eu quero apenas senti-la em meus braços
Compartilhe um pouco desse toque humano
Sinta um pouco desse toque humano
Dê-me um pouco desse toque humano

http://www.youtube.com/watch?v=Top0ZUzg5bQ&feature=related

12 junho 2008

QUE TRISTEZA DE NAMORADO! (clique aqui ou no endereço abaixo).

Ela caprichou tanto, ficou bonita, arrumada, perfumada, cheia de expectativa para o dia dos namorados... e ele entrou pela porta sem mesmo um abraço, um beijinho, uma lembrancinha, e nem sequer flores. QUE TRISTEZA! Vai ver foi direto ver o jornal na TV, o futebol, os jogadores... Sei não, ai tem coisa.

http://www.youtube.com/watch?v=tEUxlgWqsXs

11 junho 2008

FOTOS NEY



Clique sobre a imagem para ampliá-la.

Jardim Botânico hoje. Veja vídeos posts anteriores.

JARDIM BOTÂNICO RIO - Vídeos nas postagens anteriores.



Toda quarta-feira levo o neto e uma amiga no curso de teatro, ali pertinho do Jardim Botânico, então para fazer hora vou fotografando e filmando esse belo recanto do Rio. Mas sempre estou lá, desde criança, e com os filhos e netos. E é bonito demais, com toda a exuberância da natureza, e sinto a maior paz.

NÃO ESTOU MALUCO NÃO...

video

Clique em PLAY > no vídeo acima.

NÃO É O QUE VOCÊS ESTÃO PENSANDO (RS)

video

Clique em PLAY > no vídeo acima.


Oração dos Namorados

Nesta quinta-feira é Dia dos Namorados, comemoração que teve origem na Europa, lá pelo Século 3º depois de Cristo.O imperador romano de plantão havia proibido a Igreja Católica de realizar casamentos durante os tempos de guerra para não atrapalhar a convocação dos soldados.O padre Valentim não acatou a ordem. Acabou decapitado e, posteriormente, elevado à condição de santo pela sua bravura em favor do matrimônio.Em sua homenagem, casais europeus passaram a trocar presentes no dia de sua morte, 14 de fevereiro, surgindo, assim, o Dia de São Valentim, o Dia dos Namorados.Consta que esse costume foi importado para o Brasil pelo empresário João Dória Júnior. Aliás, acho que esse moço também deveria ser canonizado um dia, tornando-se o padroeiro dos capitalistas brasileiros. Mas essa é uma outra história.Aqui, o dia escolhido para a comemoração foi 12 de Junho, provavelmente por ser véspera de Santo Antonio e período fraco para o comércio.Imbuido do espírito romântico que permeia essa data, este velho e romântico blogueiro dá a receita da felicidade para esse moços, pobres moços, enamorados de hoje-em-dia.Modestamente, como sempre, devo esclarecer, meus poucos mas apaixonados leitores, não ter sido eu quem inventou a referida fórmula. Foi Frederick Perls, criador da Gestalt-Terapia.Essa receita já foi publicada neste blog há algum tempo. Mas atendendo a mais de um pedido (dois, para ser exato), aqui vai novamente.Rezem, pois, juntos, prezados pombinhos, a oração copiada abaixo:
Oração da Gestalt-Terapia

Eu faço minhas coisas,
você faz as suas.
Não estou neste mundo para viver
de acordo com as suas expectativas.
E você não está neste mundo
para viver de acordo com as minhas.
Você é você, e eu sou eu.
E se por acaso nos encontrarmos,será lindo.
Se não, não há nada a fazer.
(F.Pearls)







10 junho 2008

VISTA DO RIO HOJE CEDO


Clique sobre a imagem para ampliá-la. Foto ney.

BELA MANHÃ... e veja no vídeo que eu estava trabalhando (rs).

video

clique em PLAY > na imagem acima.

Hoje estava uma bela manhã bem azul, mas já está mudando o tempo, conforme noticiou o serviço de meteorologia. E no final do vídeo eu apareço na minha mesa de trabalho do aposentado (rs).

CHEGANDO JUNTO COM A TERCEIRA IDADE


Clique sobre a imagem para ampliá-la.
Dá gosto ver os grupos da terceira idade mantendo o preparo físico. São muitos, logo cedo, nas praias e praças, caminhando no calçadão e fazendo exercícios nas academias. Este fotografei hoje cedo na Praia de Icarai.

09 junho 2008

CHEGANDO JUNTO NOS CAMINHOS DE CURITIBA

Especial para Heli, sempre chegando junto de Curitiba...

http://www.youtube.com/watch?v=HQHnwhzYrQk&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=GKOhzYXrD8M&feature=related

CHEGANDO JUNTO NOS CAMINHOS DO CINEMA (clique aqui)

E entre tantos talentos, fica aqui a minha lembrança especial para Rita Hayworth, a musa que alcançou a minha adolescência e será sempre inesquecível, e que morreu esquecendo de tudo (alzheimer)...

http://www.youtube.com/watch?v=GDfMirlOvcI

UMA CANÇÃO QUE FALA DA LUA

Essa é a letra de uma canção do filme O SABOR DA MELANCIA, (The Wayward Cloud), comédia muito louca de Tsai Ming-Liang, mas no vídeo do youtube (endereço abaixo e no link), não tem a legenda em português, então postei a seguir conforme está no filme. Achei uma bela canção... letra e música.

Nenhum canto de rouxinol
Nenhuma flor desabrochando
Pode consolar meu triste coração
Olho pela janela do meu quarto
Tomado pela tristeza

E lá está a meia-lua solitária
Nenhuma estrela brilhando
Nenhuma nuvem distante
Só encontro você
Nos meus sonhos
Só tenho minhas lembranças
Para me ajudar a viver

E lá está a meia-lua solitária
A pobre lua está dividida
Ela perdeu metade do coração
Ela está brilhando para você
Nossos velhos sonhos
Jamais irão se tornar realidade

Luzes frias de néon
Sombras imensas na noite
Deixam minha alma solitária
Muito triste
A brisa da noite invade meu quarto
E a meia-lua ainda continua só

http://www.youtube.com/watch?v=oN56zksdxk4&feature=related

VÍDEO A BEIRA D'ÁGUA (Icarai/Niterói).

video

Clique em PLAY > na base da imagem (som)

Andando de bicicleta na areia junto à arrebentação, num dia de águas calmas.

SEGUNDA-FEIRA AZUL




Clique sobre a imagem para ampliá-la. Foto ney.

UM TERRAÇO EM NITERÓI





















Clique sobre a imagem para ampliá-la.

Segunda-feira azul - foto ney

Baia da Guanabara - Pão-de-Açúcar - Corcovado - Pedra da Gávea etc.

06 junho 2008

CHEGANDO JUNTO COM O CINEMA DE WONG KAR-WAI

Uma bela crítica, que diz bem do cinema de Wong Kar-Wai, e como bom cinéfilo não perco um. E está no cinema o mais recente, UM BEIJO ROUBADO, se adaptando a um contexto ocidental, embora seu cinema seja mesmo universal.
http://www.criticos.com.br/new/artigos/critica_interna.asp?secoes=&artigo=846

UM BEIJO ROUBADO (Trailer):

http://www.youtube.com/watch?v=gFwDOWMaH6I

BELA CANÇÃO, INESQUECÍVEL CANTORA (clique aqui).

Que diferença um dia fez
Vinte e quatro pequenas horas
Trouxe o sol e as flores
Onde costumava haver chuva
Meu ontem foi triste, querida
Hoje sou parte de você, querida
Minhas noites solitárias estão terminadas, querida
Desde que você me disse que era minha
Que diferença um dia faz
Existe um arco-iris diante de mim
O céu acima não pode ser tempestuoso
Desde aquele momento de felicidade, aquele beijo emocionante
É céu quando você encontra romance em sua lista
Que diferença um dia fez
E a diferença é você.

CHEGANDO JUNTO DA NAMORADA DE BICICLETA (clique aqui).

Parece que já nasci andando de bicicleta (rs), é coisa que vem bem desde criança, antes na garupa do meu pai, depois sozinho pelas ruas tranquilas dos tempos da infância. E nunca abandonei a bicicleta, mesmo quando tive moto, e ia a lugares bem distantes, outras cidades e municípios, caminhos de terra, às vezes carregando a bicicleta nas costas, e muitas vezes em grupos.
A Praia de Icarai nos ANOS DOURADOS era bicicleta para tudo que é lado, e era como íamos para o colégio, ou ver a namorada, e até na parada do Dia da Independência, toda enfeitada de verde e amarelo.
E continuo andando todos os dias, por isso postei esse vídeo, e ainda se anda muito...
http://www.youtube.com/watch?v=iBjfJZixG9c&feature=related

04 junho 2008

03 junho 2008

DEPOIS DA CHUVA O DIA AZUL







Chegando junto com as NOVELAS(Clique)



"A Favorita" tem pior estréia da história da Globo
Publicidade
da Folha de S.Paulo da Folha Online

A nova novela das oito da Globo, "A Favorita", estreou na noite de ontem (2) com média de 34 pontos no Ibope da Grande São Paulo, segundo dados preliminares. Foi o pior início de novela das oito nesta década e, provavelmente, em todos os tempos.
Embate entre Patrícia Pillar e Claudia Raia não empolgou telespectador

CHEGANDO JUNTO COM OS ITALIANOS (clique aqui)

Descendentes de portugueses, mas tudo a ver com os italianos...

http://www.youtube.com/watch?v=H2VDSHkS5tU

Chegando junto:Amazônia.


Amazônia, não berço esplêndido

O Povo - 03/06/2008 00:09

Não ponho a menor dúvida no slogan que também defendo: a Amazônia é nossa. Mas isto não significa que ela fique estagnada, deitada em berço esplêndido ou seja, continue tal qual está sem serventia, celeiro inexplorado cercado de gente faminta por todos os lados.
Amazônia de encantos mil, sim senhor, gordura das burras de seringueiros historicamente sugadores das energias dos expulsos de suas tristes e desgraçadas terras nordestinas...

Amazônia, qual noiva predestinada a um eleito que não chega, vai garantir o pão nosso do futuro, enquanto no presente ficamos contemplando suas terras incultas, seus rios abastecendo estatísticas de quilometragens...
Amazônia, fruto de desavenças e de sangue derramado de inocentes joguetes de "contadores de histórias" de assombração e grandezas inatingíveis.
Não, a Amazônia não é estrofe, nem tema de poemas e contos de botos azuis sedutores e engravidadores das mulheres ribeirinhas.
A Amazônia não é o sangue contaminado por mosquitos e criatório de transmissores da maleita mortífera.
A Amazônia não é apenas a missão patriótica de seu Exército exposto à sanha dos destruidores da floresta e plantadores de coca e abrigo de "revolucionários" sem honra e sem glória.
A Amazônia é desafio escancarado à inteligência brasileira na busca de um novo Marechal Rondon , um outro Plácido de Castro , novamente Barão do Rio Branco - que tanta falta nos fazem nestes tempos de carência de patriotas e fiéis cumpridores de seus deveres.

A Amazônia não é o holocausto de Chico Mendes , a voz solitária de Marina, tampouco tribuna dos Mincs verborrágicos de plantão, muito menos do entreguismo disfarçado de Mangabeira Unger.
A Amazônia é posição de Governo voltado para a conquista da Hiléia brasileira, abrindo suas hidroelétricas geradoras de riqueza , concedendo hectares a plantadores de sementes abençoadas e criadores de gado e búfalos - para que não falte comida na mesa do brasileiro de hoje e, com certeza, na do de amanhã.
A Amazônia é política de Governo concedendo terras para a geração de riqueza num comodato com prazo estipulado e obrigações de restauração da floresta temporariamente diminuída. A Amazônia é nossa: o que nos falta é Governo que dela cuide e dela deixe que se beneficie quem nela vive e dela precisa não amanhã, mas hoje. "Deitado eternamente em berço explêndido", com todo respeito, é verso do Hino Nacional.
Não a Amazônia brasileira.
Adísia Sá - Jornalista Adisia@secrel.com.br

CHEGANDO JUNTO NUMA INTERESSANTE NEGOCIAÇÃO...

A arte de negociar!
PAI - escolhi uma ótima moça para você casar. FILHO - Mas, pai, eu prefiro escolher a minha mulher.PAI - Meu filho, ela é filha do Bill Gates...FILHO - Bem, neste caso, eu aceito. Então, o pai negociador vai encontrar o Bill Gates.PAI - Bill, eu tenho o marido para a sua filha!BILL GATES - Mas a minha filha é muito jovem para casar!PAI - Mas este jovem é vice-presidente do Banco Mundial... BILL GATES - Neste caso, tudo bem.Finalmente, o pai negociador vai ao Presidente do Banco Mundial.PAI - Sr. Presidente, eu tenho um jovem recomendado para ser vice-presidente do Banco Mundial. PRES. BANCO MUNDIAL - Mas eu já tenho muitos vice-presidentes, mais do que o necessário.PAI - Mas, Sr., este jovem é genro do Bill Gates.PRES. BANCO MUNDIAL - Neste caso ele pode começar amanhã mesmo! Moral da estória: Não existe negociação perdida. Tudo depende da estratégia. Se um dia disserem que seu trabalho não é o de um profissional, lembre-se: a Arca de Noé foi construída por amadores; profissionais construíram o Titanic.

02 junho 2008

A história de uma folha(Quem estiver a fim de conhecer a história toda, é só clicar aqui)


Nesta época do ano, as folhas modificam tudo ao nosso redor.
O autor(Léo Buscaglia) dá nomes 'as folhas e cada uma delas tem suas características.....

Folhas!

“... A folha se descobriu a perder a cor, a ficar cada vez mais frágil. Havia sempre frio e a neve pesava sobre ela. E quando amanheceu veio o vento que arrancou a folha de seu galho. Não doeu. Ela sentiu que flutuava no ar, muito serena. E, enquanto caía, ela viu a árvore inteira pela primeira vez. Como era forte e firme! Teve certeza de que a árvore viveria por muito tempo, compreendeu que fora parte de sua vida. E isso deixou-a orgulhosa.A folha pousou num monte de neve. Estava macio, até mesmo aconchegante. Naquela nova posição, a folha estava mais confortável do que jamais se sentira. Ela fechou os olhos e adormeceu. Não sabia que a folha que fora, seca e aparentemente inútil, se ajuntaria com água e serviria para tornar a árvore mais forte. E, principalmente, não sabia que ali, na árvore e no solo, já havia planos para novas folhas na primavera.


Leo Buscaglia

Junto ao outono...


“Sedução, frenesi

Sinto você assim, sensual, árvore

Espécie escolhida, pra ser a mão do ouro

O outono traduzir viver o esplendor em si…” (Djavan)

AKIANE, A MENINA PRODÍGIO (clique aqui)

http://www.youtube.com/watch?v=dt9zY9ZqJ-k&feature=related

01 junho 2008

CHEGANDO JUNTO COM O OUTONO...

O amor muda como as folhas das árvores no outono.E, se eu for capaz de entender isto, serei capaz de amar."(Emily Brönte)

Prossigo, relembrando os melancólicos outonos que já vivi...As diferentes primaveras que vivenciei – ternas, intensas, fortes, coloridas...E os verões... Quantos verões ardentes, sedentos, apaixonantes...
E novas reflexões me vêm à mente...

As folhas ao cair, evocam a brevidade dos nossos dias. O outono das pinceladas de azul-água, a coloração acinzenta do céu e a timidez e sofrimento das árvores despidas, imploram-nos uma introspecção e reflexão sobre este viver cíclico, sempre em transformação e numa velocidade alucinante. (A.Canotilho)

Folhas de outono a cair dolentes, num bailar dourado, esvoaçantes, ternas, doces, displicentes, espalhando pelos ares pingos multicores – pálidos, marrons, rubros, nacarados, cintilantes, diferentes e diversos como os sentimentos humanos, que transitam numa vasta gama
- eterna e densa - que vai da apatia à paixão intensa.

Caminho devagar... saboreio cada instante...
A sabedoria do peregrino consiste - não em chegar depressa a seu destino -
mas em apreciar as belezas do caminho...

...a vida se move em ciclos de fazer e desfazer,
que sentimentos arrefecem,
que ardentes paixões esfriam,
que toda glória é efêmera...
mas que os ciclos favorecem o renascer da esperança -
– e esse, sim, é duradouro... é eterno
em todos os corações humanos...


http://www.youtube.com/watch?v=hvDDlEe5zco

http://www.youtube.com/watch?v=fs1vkerHxIw&feature=related

CHEGANDO JUNTO COM AS MÃOS (clique aqui)

Acho que já postei (?), se foi faz muito tempo, e vale ver de novo... (SOM).
http://www.youtube.com/watch?v=NQZBWsKyDzs&feature=related

Frio? Que frio?



QUE FRIOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

Curitiba é assim mesmo.

THE WIND - CAST STEVENS (clique aqui)

A tradução que eu achei, mas dá para entender o sentido:

O vento
Eu esculto o vento
Ao vento da minha alma
Onde eu terminarei acima eu penso,
somente o Deus sabe realmente
Eu sentei-me em cima do sol de ajuste
Mas nunca, nunca nunca nunca

Eu nunca procurei a água uma vez
Eu escuto minhas palavras mas
Elas caem distante abaixo
Eu deixei minha música fazer exame de onde
Meu coração quer ir
Eu nadei em cima do lago do diabo
Mas nunca, nunca nunca nunca
Eu nunca farei o mesmo erro
No,nunca, nunca, nunca

http://www.youtube.com/watch?v=aIPDPKYXWKA