11 outubro 2009

Educar



Na próxima semana estarei retornando à sala de aula. Depois de muitos meses afastada da sala de aula, fazendo tratamento de saúde, volto a trabalhar com crianças que apresentam dificuldades na aprendizagem.Estou ansiosa, querendo ver o olhar dos alunos brilhando de alegria ao aprender aquilo que eu estiver lhes ensinando.

Apropriei-me de pensamentos de Rubem Alves para descrever o meu sentimento em relação a escola:

Educar
“Educar é mostrar a vida
a quem ainda não a viu.
O educador diz: “Veja!”
- e, ao falar, aponta.
O aluno olha na
direção apontada e
vê o que nunca viu.
Seu mundo
se expande.
Ele fica mais
rico interiormente...”
“E, ficando mais rico interiormente, ele
pode sentir mais alegria
e dar mais alegria -
que é a razão pela
qual vivemos.”

"Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais".
Rubem Alves.

6 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ HELI, ADOREI O TEXTO... E DESEJO-TE AS MELHORAS... BEIJINHOS DE CARINO E TERNURA,
FER NANDINHA

heli disse...

Fernandinha.

Obrigada pelas palavras carinhosas.Espero ficar bem e poder desenvolver meu trabalho com qualidade.Eu estava na escola trabalhando apenas com pequenos grupos de alunos, agora volto para a sala de aula e isso me deixou muito animada.
Bom domingo!!
Beijos
heli

ney disse...

Bom retorno para a sala de aula, fazendo o que você gosta. Belo texto. bjs/ney.

Carlos Albuquerque disse...

Heli.
O seu sentimento em relação à escola, descrito com o recurso ao pensamento de Rubem Alves, é de uma humanidade tão grande que só me resta dar-lhe um abraço de carinho.
Desejo, do coração, seu completo restabelecimento e que seus alunos possam, por todo o tempo do mundo, tê-la como professora.
Bem haja!
BJS e um abraço deste lado do mar

heli disse...

Ney.
Obrigada pelas palavras de incentivo.
bjs

heli disse...

Carlos.
Fiquei emocionada com suas palavras.
Considero a sala de aula um lugar muito especial e procuro sempre dar o que tenho de melhor, para que a aprendizagem dos alunos aconteça.São tantas as arbitrariedades, mas sempre vale a pena lutar por melhores dias, para as crianças que hoje fazem parte de meu mundo.
Forte e carinhoso abraço deste lado do mar.
heli