24 setembro 2008

ADEUS À VISTA DA MINHA VARANDA.








Clique sobre as imagens para ampliá-las.

Eram 3 belas casas com piscinas, virou um buraco e um stand de venda, e vem subindo a construção, chegando na minha varanda, adeus ao sol nascendo, à lua aparecendo enorme por trás do morro, as árvores, passarinhos, a NAMORADEIRA ficou triste, eu pintei os olhos e os lábios dela mas não adiantou, o CALOPSITA nem quis olhar. É a selva de pedra.

2 comentários:

Dulce disse...

Ah, é realmente uma pena... Através de suas fotos também pudemos desfrutar dessa vista de sua varanda, também vimos o sol nascer, a lua aparecer enorme por trás do morro... E sabemos como era prazeroso para você estar nessa varanda... Que pena!...

ney disse...

Realmente, da varanda tirei belas fotos da LUA, do amanhecer, das árvores, nevoeiro que postei aqui no blog. E na varanda é sempre bom de se ficar, prosear, à noite sempre sopra uma agradável brisa, dá para ver as estrelas, até improvisei uma ducha para os dias mais quentes, e tem umas plantas.
Mas em qualquer lugar da cidade nasce um novo prédio e vai ficando uma selva de pedra.
Felizmente tenho as janelas de frente, a avenida é larga, tem o canal no meio e duas pistas, ainda tem muito verde para se ver. Ainda é uma rua tranquila, ouve-se os pássaros, os galos na madrugada, infelizmente também eventuais tiros.
Não tem jeito... e ainda vamos aguentar muito barulho e poeira da obra.