24 agosto 2009

Eu amo tudo o que foi

Eu amo tudo o que foi,
Tudo o que já não é,
A dor que já me não dói,
A antiga e errônea fé,
O ontem que dor deixou,
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia.

Fernando Pessoa, 1931.

11 comentários:

Dulce disse...

Heli,

Que lindo! Sempre Pessoa a nos encantar.

Beijos

heli disse...

É verdade Dulce.

Pessoa sempre nos encanta com suas palavras.
Beijos

Fernanda disse...

Olá Heli!

Sempre óptimas escolhas para nos dizer quanto valor tem a vida...
Beijinhos

heli disse...

Ná.

Que bom que gostou das palavras do poeta.
A vida precisa ser vivida intensamente e sempre devemos ter em nós a esperança de melhores dias.
beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDA AMIGA, BELÍSSIMO ESTE POEMA... PARABÉNS PELA ESCOLHA... ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

heli disse...

Fernandinha.
Que bom que estás aqui conosco novamente.
Devemos sim, amar tudo ao nosso redor e neste poema, Pessoa soube usar palavras que nos levam a valorizar a vida em cada um dos seus momentos.
beijos carinhosos.
heli

Bya.moon disse...

Lindo...sempre algo a dizer..
Abraços

Rui Caetano disse...

Eu amo tudo o que é e o que ainda vai ser. Gostei.

Bya.moon disse...

Boa noite tem um presente no meu blog pra ti.
Forte abraço.

heli disse...

Bya.
Fiacamos muito felizes com o seu presente.Fica difícil responder as questões porque teríamos que colocar as respostas de todos os participantes, mas agradeço em nome de todos.
heli, dulce, ney e jards.

heli disse...

Rui.

Amar tudo o que é, e tudo que ainda vai ser é algo que devemos cultivar em nossos corações.
Grande abraço e obrigada pela presença.
heli