18 junho 2009

Ser estrela ou ser cometa...

(Foto NASA)

Há pessoas estrelas, há pessoas cometas.
Os cometas passam e apenas são lembrados pelas datas que passam e retornam.
As estrelas permanecem. Os cometas desaparecem.
Amigo é estrela. Podem passar anos, podem surgir distâncias, mas a marca fica no coração.
E muitos são os cometas... Por um momento passam, a gente bate palmas e então desaparecem.
Ser cometa é não ser amigo. É ser companheiro por instantes. É explorar sentimentos. É ser aproveitador de pessoas e de situações. É fazer acreditar e desacreditar ao mesmo tempo.
A solidão de muitas pessoas é consequência de não poderem contar com ninguém. A solidão é resultado de uma vida cometa. Ninguém fica. Todos passam. E a gente passa pelos outros.

Estrelas nos iluminam nos momentos escuros. São esperanças no momento de desânimo.
Olhando os cometas percebemos como é bom não nos sentirmos como eles. Nem desejarmos prender-nos em sua cauda. Observando os cometas percebemos como é bom nos sentirmos estrela... Ter sido luz para muitos amigos. Ter sido calor para muitos corações.
Ser estrela nesse mundo passageiro, nesse mundo cheio de pessoas cometas, é um desafio que vale a pena ser enfrentado.

(Autor desconhecido)

2 comentários:

wallper.lima disse...

Olá Dulce! Em 1° lugar venho agradecer seu comentário em meu blog sobre "as meninas de Velásquez...adorei! Agradeço pelas palavras, fico feliz de proporcionar coisas boas, e que valham a pena serem vistas.
Em 2° quero dizer que esse texto, é divíno! Comparar estrelas/cometas -com amigos que ficam e que passam em nossas vidas, é algo mágico e transcendental!
Bjocas.
Waleria Lima.

Dulce disse...

Valéria

Visitar seu blog é um prazer, Suas "meninas" estão incríveis, um trabalho lindo... E além disso, cada postagem é uma aula, um passeio pelo mundo dos grandes mestres. Ainda sou eu quem agradece, viu?
Quanto ao texto, todos nós temos nossos cometas que passam rasgando a alma e nossas estrelas que seguem iluminando nossos passos... O pior é que só conseguimos saber que espécie de "astro" é, depois que o estrago já foi feito... rs...
Mas sempre fica a lição...
Obrigada pela visita.
Volte sempre.