11 junho 2009

Mário Quintana-OS POEMAS



Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

Mario Quintana - Esconderijos do Tempo

3 comentários:

Dulce disse...

Lindo Heli!... Muito lindo

Bom feriado pra você.
Beijos

dulce

heli disse...

Dulce.
Bom feriado para você também.
Hoje tirei parte do meu tempo para ler os poemas de Mário Quintana e decidi partilhar com vcs, as delicias de ler esse tão amado poeta.
beijos
heli

ney disse...

Heli,
Mário Quintana fala bem a alma. E vamos partilhar sua poesia, chegar junto. Bom feriado! ney/