29 janeiro 2010

O VELHO



Chico Buarque
1968

O velho sem conselhos
De joelhos
De partida
Carrega com certeza
Todo o peso
Da sua vida
Então eu lhe pergunto pelo amor
A vida inteira, diz que se guardou
Do carnaval, da brincadeira
Que ele não brincou
Me diga agora
O que é que eu digo ao povo
O que é que tem de novo
Pra deixar
Nada
Só a caminhada
Longa, pra nenhum lugar

O velho de partida
Deixa a vida
Sem saudades
Sem dívidas, sem saldo
Sem rival
Ou amizade
Então eu lhe pergunto pelo amor
Ele me diz que sempre se escondeu
Não se comprometeu
Nem nunca se entregou
E diga agora
O que é que eu digo ao povo
O que é que tem de novo
Pra deixar
Nada
E eu vejo a triste estrada
Onde um dia eu vou parar

O velho vai-se agora
Vai-se embora
Sem bagagem
Não se sabe pra que veio
Foi passeio
Foi Passagem
Então eu lhe pergunto pelo amor
Ele me é franco
Mostra um verso manco
De um caderno em branco
Que já se fechou
Me diga agora
O que é que eu digo ao povo
O que é que tem de novo
Pra deixar
Não
Foi tudo escrito em vão
E eu lhe peço perdão
Mas não vou lastimar

8 comentários:

Amapola disse...

Bom dia.
Lindo poema...
Obrigada.
Um abraço.

heli disse...

Amapola, fico feliz com sua visita.
Nesse poema, Chico toca lá no fundo da nossa alma.Um poema triste...
Abraços,
heli

Claudio disse...

Um pouco mais de alegria por aí, Heli. :-)

Grande abraço a todos.

--
Claudio
http://malagrino-design.blogspot.com/
http://caelvm.wordpress.com/
http://castelllum.wordpress.com/
http://grey-noise.blogspot.com/
... and more!

heli disse...

Claudio.
Eu estou alegre!!!!
Triste é a mensagem do poema!
Pior de tudo é que há muitos velhinhos abandonados por aí, sem esperanças, sem vida!!
ehehehe
beijos

Carlos Albuquerque disse...

Olá, Heli.
É como diz, Chico toca bem fundo na nossa alma! Como meu coração é de carne, por vezes mo põe a sangrar!
Não estou triste, mas não deixo de sentir a tristeza do poema.
BJS
BFS

heli disse...

Carlos.
Ao ler, também senti a tristeza do poema.Existem muitas pessoas que vivem em sua essência a realidade descrita nesse poema.Chico toca fundo em nossos sentimentos.
Bom final de semana para você também.
beijos,
heli

ney disse...

Chico Buarque é o nosso grande poeta musical, suas letras falam de amores, do social, de política, do cotidiano, de tudo que nos toca a alma, houve um tempo que eu sabia todas as suas letras. ney/

ney disse...

Chico Buarque é o nosso grande poeta musical, suas letras falam de amores, do social, de política, do cotidiano, de tudo que nos toca a alma, houve um tempo que eu sabia todas as suas letras. ney/