30 janeiro 2010

Borboletas



"Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses"

12 comentários:

Amapola disse...

Lindo e muito visível.
Um abraço.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO AMIGO, EXCELENTE FOTO... ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

heli disse...

Amapola e Fernanda.
Como é bom tê-las por aqui!
Beijos carinhosos,
heli

Jackeline Depp disse...

Olá querida, tenho um selinho pra você lá no Blog!!!
Beijinho colorido!!!
Jackeline-Curitiba-Paraná
http://johnnydeppmadness.blogspot.com/

Fernanda disse...

Querida Heli,

Desculpe-me pela ausência, mas não é nada pessoal, só trabalho e muito menos tempo disponível.

Verdade inegável dita por Rubem Alves.

Beijinhos

heli disse...

Jackeline, minha amiga curitibana.
Temos que combinar um dia desses para bater um papo e tomar uma coca cola juntas.
Vou lá, buscar o selinho.
Beijos curitibanos,
Heliane

heli disse...

Ná.
Claro que sentimos sua ausência aqui no chega junto, mas entendemos que estejais atarefada.
Rubem Alvez nos diz coisas verdadeiras...

ney disse...

Grande Rubem Alves, sua obra é fantástica, cada texto é um novo aprendizado e crescimento. ney/

Amapola disse...

Bom dia, Heli.
Obrigada por nos cumprimentar:
Amapola e Fernanda.
Beijos carinhosos.

Amapola disse...

BOM DIA.
LOGO LOGO, O SEU COMPUTADOR VAI "CHEGAR JUNTO"

heli disse...

Ney.

Rubem Alves nos fala das coisas simples, mas que são muito importantes em nossas vidas.
beijos

Amapola disse...

A nossa metamorfose às vezes nos assustam...