29 março 2009

OS SONHOS QUE QUERO TER...


No silêncio da madrugada cortado apenas pelo maravilhoso violino de Andre Rieu, parece que os sentimentos ficam mais aguçados, a saudade aperta mais o peito, as lembranças chegam mesmo que se tente impedir... E uma imensa nostalgia envolve cada centímetro de meu corpo...

Caminho pela casa, inquieta, sento-me no terraço, meus olhos se fecham a sua simples lembrança, enquanto sinto a musica que soa baixinho na noite me envolver. Queria não pensar, mas não consigo, queria não lembrar, mas as lembranças fazem parte de mim... Adivinho sua voz que me chama em sussurro, mas sei que é apenas delírio. Chego quase a sentir o toque de sua mão em meus cabelos, pressinto o seu respirar... Loucura!...
Deixo-me ficar ali, imóvel, lágrimas de saudade lavando minha alma até que o frio da noite vai aos poucos me trazendo de volta a realidade... A cidade parece dormir embalada pelo cântico suave da chuva que cai mansamente. Minha alma, já um pouco mais serena, acomoda-se em seus domínios e me permite tentar dormir.
Apago os quebra-luzes, vou para meu quarto em busca de umas horas de sono aonde possivelmente sua presença se fará inteira nos sonhos que quero ter...

2 comentários:

heli disse...

Dulce.
Há quem diga que "recordar é viver" e isso talvez seja uma forma de viver intensamente.
Desejo-te um excelente domingo.
bjs

Dulce disse...

Heli
Um lindo domingo para você, também.
bjs.