14 julho 2008

CHEGANDO JUNTO A UMA POLTRONA (clique aqui)















Pode-se ler livro, revista e jornal. Pode-se ouvir música, e de boa qualidade. Pode-se, ainda, deleitar-se com a poesia e a sétima arte. Trabalhar com imaginação e voar. A poltrona é isso.
Pode-se muito mais, veja esse belo texto de CARLOS HOLBEIN, que fala do aconchego de uma poltrona e de como podemos viajar no tempo e na imaginação, e que fala de dois inesquecíveis filmes - ASSÉDIO E RETRATOS DA VIDA. Endereço abaixo ou no link acima.
http://www.poltronaespecial.pro.br/agosto01.html

Edição baseada no filme L'Assedio: http://www.youtube.com/watch?v=jocBqEXx1N8
Bolero - Retratos da Vida (já comentado aqui): http://www.youtube.com/watch?v=ZMDjmGjsLBQ

3 comentários:

Dulce disse...

Muito bom esse texto Ney. E uma poltrona favorita num cantinho da cssa é, mesmo, puro aconchego.

ney disse...

Ah, é mesmo, com certeza! Boa música, poesia, bons filmes, café, ainda mais nesses tempos de violência nas ruas. Bem, a caminhada pode fazer parte desse MENU, sempre deixa a gente mais em forma, mente e corpo em harmonia.

heli disse...

Contudo, não é lá uma tarefa muito fácil. Isto porque as nossas emoções estão presentes e, ironicamente, acabam dificultando o processo. Por sorte, Fernando Pessoa nos deixou um importante legado: ...nem sempre consigo sentir o que sei que devo sentir. / O meu pensamento só muito devagar atravessa o rio a nado / porque lhe pesa o fato que os homens o fizeram usar. / Procuro despir-me do que aprendi, / procuro esquecer-me do modo de lembrar que me ensinaram, / e raspar a tinta com que me pintaram os sentidos,
Esssa parte do texto me encanta,Raspar a tinta que foi passado anos a fio é algo que precisa de muito esforço.

Acho que uma boa poltrona pode ajudar a rever conceitos e arrancar algumas raízes necessárias para a continuidadeda paz do continho da poltrona.