18 fevereiro 2010

ACEITAR

"Aceitar que somos eternamente diferentes,
é o primeiro passo para construir a unidade.
Harmonia entre iguais é tarefa fácil,
entre opostos, um desafio.
Opiniões diferentes podem criar discórdia,
ou enriquecer o produto final,
depende da visão e do nível de altruísmo.
Sustentar a unidade é apreciar o valor do conjunto,
e a singular contribuição de cada um,
permanecendo leal, não apenas uns com os outros,
mas também à meta estabelecida."
Desconheço o autor

4 comentários:

ney disse...

Disse bem, heli.

heli disse...

Pois é,Ney.
A vida é tão maravilhosa, nós é que a tornamos complicada.
beijos

Amapola disse...

Bom dia.
Quando amamos o próximo, não contabilizamos os seus defeitos.
Também temos os nossos...

Um grande abraço.

heli disse...

Amapola.

Cada um tem seus defeitos e se nos aceitarmos uns aos outros com essas diferenças, a convivência fica mais significativa.
beijos