11 dezembro 2009

POLUIÇÃO, TEMPERATURA ETC.


Como diz aqui o texto, e já sabemos... - http://geografiaatualidade.blogspot.com/2009/08/kopenhagen-denmark-dezembro-de-2009.html o protocolo de Kyoto fracassou, e pelas informações que temos tido ninguém está também se entendendo na reunião de Kopenhagen. Logo os EUA estarão levando a culpa de tudo, com destaque para a administração Bush, como é de costume. Culpando alguém tudo está resolvido, e o primo rico sempre leva a culpa. Certamente a floresta amazônica também estará entre os culpados, devido às queimadas, já que o Brasil se destaca na América do Sul. Como diz aqui... "Precisamos repensar, mas vemos com bastante clareza que o econômico e o ambiental são demasiadamente contrários e obstinados. Não colocamos os ciêntistas nas fábricas e nem os industriais nas instituições de pesquisa. E o resultado não vem. Os governos dão muito mais as mãos ao empresariado do que a ciência e bem estar."
Mas sabemos que é um problema difícil e polêmico, e ao mesmo tempo requer uma solução rápida. Independente de qualquer resultado e possível solução, o noticiário sensacionalista já mostrou hoje diversos pontos da costa brasileira tomados pelo mar, e muitas geleiras derretendo pelo mundo, e já anunciou uma vasta programação semelhante para o final de semana. Como moro ao nível do mar só me resta nadar.
Pois é, tem que ser decidido algo efetivamente positivo, estamos destruindo a natureza e somos totalmente dependentes do seu equilíbrio, de sua beleza e grandeza.

6 comentários:

Fernanda disse...

Amigo Ney,

Vá nadando e espere nunca ficar sem a sua bela casa à beira mar.
Claro que entendi que está a ser sarcástico e eu fui na Onda!!!

Se os "malditos" poluidores, especialmente EUA, CHINA, fizerem desta cimeira uma charada, um fiasco, que sejam amaldiçoados e que sejam só eles a beber do próprio veneno que produzem.

Estamos todos à mercê desses "palhaços" cuja ganância não tem limites e lhes turva os pensamentos.

Desculpe, mas estes temas tiram-me do sério.

Beijo

ney disse...

Ih, Fernanda, pior que não quis ser sarcástico, não vejo mesmo por esse ângulo de culpas e culpados, acho que entramos todos nessa roda viva sem pensar e cuidar da natureza. Na liberdade, no entendimento e no respeito ao próximo a sociedade poderá crescer, do contrário vai continuar se perdendo em ideologias, preconceitos, fundamentalismos e drogas. Mas as tiranias têm perdido espaços, isso nos leva a acreditar. TOMARA! ney/

Fernanda disse...

Amigo Ney,

Acho que não fui clara, não me fiz entender. Se calhar quem foi mais sarcástica fui eu... não sei.

Do que entendo, o amigo acha que todos somos culpados, concordo...mas uns muitos mais do que outros.
Em nome do enriquecimento rápido e do desenvolvimento tecnológico e não só, estamos à beira de ver o planeta azul perdido.
Há ou não há culpados??? Claro que há, veja o fiasco novamente na Dinamarca, qual Hopenagen???
Só vêem os seus umbigos.

Tomara sim que acabem as tiranias e os principais tiranos.
Beijos
Querido amigo João,

Fico felicíssima que tenha gostado da história.

É verdade que é complicado saber o que é mais útil ou necessário mesmo para dar aos outros, mas para com quem estamos todos os dias, todo o dia, é relativamente fácil.

Como eu sei dar o valor ao que aconteceu ao seu amigo, já me aconteceu o mesmo, só que eu não saí porque o José não gosta de ser deselegante com ninguém, mas também nunca mais fomos.

Ainda não consegui entrar no seu Miradouro, abre-se uma janela demasiado pequena, mas deu para ler que é sobre o consumismo exacerbado desta época.
Estamos em total sintonia.

Amigo João, haja juízo, porque dinheiro há pouco para a maioria do povo.
Os que têm demais que se lembrem de fazer algo que os dignifique, ajudando efectivamente quem precisa.

Beijos

ney disse...

Fernanda,
É isso, o livre debate de idéias e que todos possam chegar juntos. Obrigado pelo seu comentário. Acho que veio algo mais, um comentário
dirigido ao João, possivelmente um outro assunto, que também apareceu no seu comentário na postagem da heli.
No mais, é mesmo uma questão polêmica, mas as soluções terão que ser encontradas, o mais rápido possível, em harmonia com a natureza e com o nosso planeta.
Na minha postagem eu quis dizer dessas possíveis soluções, porque culpando uns aos outros não vamos resolver, e tem sido assim em outras ocasiões, recaindo culpas sobre os mais desenvolvidos.
Há 500 anos a América era habitada por indios, e já existiam as grandes cidades, impérios, domínios, já existiam os desmatamentos, o crescimento industrial, a busca de novas energias. Veio mesmo todo esse progresso a ser buscado também no novo mundo, no "sonho americado", como muitos dizem, e mais recentemente na China, ocupada por muitos países. Por isso eu disse que não cabe culpá-los por um progresso que todos buscaram, o que precisamos encontrar são novos rumos que não prejudiquem a natureza. Se países super populosos e em crescimento, por exemplo, buscarem o justo direito de ter tantos automóveis como os mais desenvolvidos, podemos imaginar o que vai acontecer com a atmosfera. Então precisamos encontrar novos rumos, soluções que atendam a todos, e sabemos que será difícil na RODA VIVA que criamos e da qual ficamos dependentes no contexto econômico. ney/

Fernanda disse...

Amigo Ney,

Agora sim, felizmente e finalmente compreendi que estamos de acordo.

Não sei o que se passa com o Blog Sempre Jovens, entro mas não consigo que ele se mova, deve estar com excesso de peso pelos pps postados.
A minha ideia era mandar-lhe, pelo menos, um link para que lesse um dos meus textos sobre este tema.

Abração,

ney disse...

Sim, Fernanda, chegamos juntos, estamos de acordo, agora é torcer para que sejam encontradas soluções, medidas efetivas, e possamos salvar a natureza. Abraço/ney.