04 dezembro 2009

Pessoa, sempre Pessoa...

Eu amo tudo o que foi
Tudo o que já não é
A dor que já não me dói
A antiga e errônea fé
O ontem que a dor deixou
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia.
Fernando Pessoa

8 comentários:

Bya.moon disse...

E hoje é já outro dia.


Pois é...
Um grande abraço.

heli disse...

Pois é, cada dia com seus encantos e suas belezas!!!
Obrigada pela visita.
Grande abraço, para você também.

PSICO? LÓGICO! disse...

Achei muito interessante este blog! Estarei por aqui. Um abraço

heli disse...

Psico?Lógico!!

Ficamos muito honrados com sua presença.
Volte sempre que desejar.
abraços
heli

Fernanda disse...

Olá querida amiga Heli,

É fabuloso este Fernando Pessoa...

A vida é mesmo isto, tão simples a receita, continuar amando e vivendo, porque hoje já é outro dia.

Beijos

Ignoto Jardim disse...

"Eu amo tudo o que foi..."
Que lindo!

Carlos Albuquerque disse...

Heli
Pessoa é um aconchego permanente. Há sempre algo que nos fica quando o lemos. Mesmo o irriquieto Livro do Desassossego do seu heterónimo Bernardo Soares (creio que já falei dele aqui).
Bom final de Domingo.
BJS

heli disse...

Ná.
É verdade, amiga.

A cada novo dia, seguimos vivendo, amando e aprendendo

Ignoto,

Pessoa é sempre bem vindo.

Carlos.
Aconchego mesmo no desassossego.Gostei!!!

Beijos a todos