01 maio 2010

VELHAS ÁRVORES



foto ney (clique para ampliá-la)
VELHAS ÁRVORES (Olavo Bilac)

Olha estas velhas árvores, — mais belas do que as árvores mais moças, mais amigas, tanto mais belas quanto mais antigas, vencedoras da idade e das procelas . . .
O homem, a fera e o inseto à sombra delas, vivem livres de fomes e fadigas; e em seus galhos abrigam-se as cantigas. E alegria das aves tagarelas . . .
Não choremos jamais a mocidade! Envelheçamos rindo! envelheçamos como as árvores fortes envelhecem.
Na glória da alegria e da bondade, agasalhando os pássaros nos ramos, dando sombra e consolo aos que padecem!

8 comentários:

Rosângela Cunha disse...

Ai, Ney, envelhecer dói...
Mas fazer o que?!

Seria maravilhoso envelhecer
como as árvores, talvez fosse
menos doloroso.

ney disse...

Rosângela,
É isso... tem um lindo texto do J.G. de araujo jorge em http://www.jgaraujo.com.br/amo/arvore.htm
Vale conferir. Abraço/ney.

Marliborges disse...

Olá Ney, muito bom o post, vou ler também o texto que você indicou.

Fiz uma postagem sobre a velhice, dá uma olhadinha, acho que vc vai gostar.
http://marliborges.blogspot.com/2010/04/blogagem-coletiva-outono.html

bj e bom findi

wallper.lima disse...

Adorei!!! Nossa vida é mais ou menos assim.
Bjos.
Waleria Lima.

ney disse...

Marli,
Obrigado pela presença amiga e pelo comentário. Já estive lá no seu blog lendo o lindo texto. Parabéns! Abraço/ney.

ney disse...

Waléria,
Bom dia! Obrigado pela presença amiga e comentário no CHEGA JUNTO. Parabéns pelo seu blog e pelo amor a arte. Ótimo domingo. Abraço/ney.

Zen disse...

Olá Ney,você está muito bem nesta foto,um verdadeiro atleta.Agradeço o seu comentário sobre a preservação ambiental.Bjs.Sandra.

ney disse...

Zen,
Obrigado. Vamos trocando, aprendendo, interagindo. Essa foi uma árvore do Campo São Bento que cortaram. Abraço/ney.