16 maio 2010

AUTOPSICOGRAFIA

Para iniciar uma nova semana, os versos de Fernando Pessoa.

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas da roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama o coração.

6 comentários:

Júlio Castellain disse...

...
Perfeito.
Abraço.
...

heli disse...

Júlio.
Obrigada pela visita.
Abraços para você também.

Suziley disse...

Lindos versos de Fernando Pessoa. Que esse comboio de cordas chamado coração tenha sempre muito amor!! Um bom dia, uma boa semana para você Heli e para todos daqui!! Beijos, ;)

heli disse...

Suziley
Também desejo que esse comboio de cordas chamado coração traga sempre muito amor...
Obrigada pela carinhosa visita e uma bela semana para você também.
beijos

CeliaAlma disse...

O Pessoa sempre Portugues, adoro o seu blog aqui em Portugal ammammos

heli disse...

Célia.
Que bom saber que gostas do nosso blog.
Apareça outras vezes, é sempre um enorme prazer ter amigos portugueses por aqui.
beijos